Lojas e marcas

O novo paraíso instagramável de massagens e terapias em Lisboa já abriu

No EcoMassages & Esthetics tratam de torcicolos ou contrações musculares. Não faltam tratamentos de relaxamento, claro.
O espaço tem uma estética limpa.

No final de 2018, abriu o primeiro espaço da EcoMassages & Esthetics, na Rua dos Fanqueiros, em Lisboa. Trata-se de um centro de massagens terapêuticas e tratamentos para o corpo. A 15 de junho de 2020 chegaram ao Porto. A mais recente abertura foi a 11 de agosto, novamente na capital, desta vez na Rua Áurea. “A nossa primeira loja ficou pequena e queríamos dar outro aspeto à marca. Esta tem muito mais charme, embora a primeira também tenha o seu encanto”, conta à NiT Saul Garcia, de 30 anos.

A sua mulher, Doriscar, de 33, também o ajuda no negócio. Ambos são venezuelanos e emigraram para Portugal há cerca de quatro anos, devido à situação tensa que se vive no seu país de origem. Vieram apenas com duas malas de 23 quilos, 800€ no bolso e, claro, o sonho de uma vida melhor e mais segura. Saul tirou o curso de Medicina Tradicional Chinesa na Venezuela e complementou-o, já em Portugal, com uma formação em Massagem Tailandesa. “A necessidade de nos reequilibrarmos e relaxarmos deve ser uma prioridade”, afirma.

Para a expansão deste projeto escolheram a Rua Áurea graças ao movimento que nela existe, e porque é “um emblema da Baixa de Lisboa”. “Queríamos estar disponíveis para o povo português e para os estrangeiros”, aponta. A oportunidade surgiu e decidiram aproveitá-la. Nos 200 metros quadrados da nova loja sente-se um ambiente de conforto, com quartos com isolamento acústico. A atmosfera é clean, transmite frescura e é orientada para o luxo, algo que se reflete nos elementos decorativos, especialmente nos lavatórios feitos de raiz de oliveira, a peça favorita do proprietário.

Divide-se em dois andares: o rés-do-chão e a cave. No primeiro é a sala de espera e, simultaneamente, a zona de massagens com vários gabinetes. No segundo, focam-se em terapias relaxantes, como as tailandesas, shiatsu, ayurvédicas e Tui Na. O grande foco do conceito é a EcoMassage. “No início, o terapeuta avalia se existem contraturas ou tensões. Depois, trata destes problemas, antes de partir para uma massagem de relaxamento”, destaca. Uma hora custa 55€. “O nosso objetivo é criar bem-estar na vida dos clientes.” Explica que não se trata de um spa, porque ali também são tratados torcicolos entre outras dores que possa estar a sentir. Os preços para as outras propostas variam entre os 25€ e 195€, dependendo da opção e duração escolhidas.

Os espaços usam produtos biológicos e em frascos de vidro, para causar o menor impacto ambiental possível, como é o caso do óleo de coco. Têm um outro produto criado especificamente para eles. Trata-se de um óleo “com um cheiro bastante específico e agradável, com um pH balanceado”, para que o seu corpo apenas receba propostas benéficas.

Pretendem continuar a expansão e chegar a outros pontos do País, mas ainda não sabem quando o farão. Por enquanto, pretendem focar-se nos espaços já existentes. “Queremos consolidar melhor as bases e criar uma identidade para a marca. Depois continuaremos a expandir”, explica o venezuelano.

“A EcoMassage é uma empresa. O fundamento é mudar a vida das pessoas, tanto dos clientes como dos terapeutas, que acabam por ser parceiros e amigos”, garante. A equipa tem elementos de várias nacionalidades, e pretendem que se crie uma relação além da “cliente-funcionário”. “Não queremos só fazer uma massagem. Queremos transformar o dia a dia de quem nos visita.”

Carregue na galeria e conheça melhor o novo Ecomassagens da Rua Áurea.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Áurea, N°269


    1100-062 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Segunda-feira a domingo das 10h às 22h

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT