Lojas e marcas

O novo vestido estilo corpete da Asos é delicado e (discretamente) sensual

A popular marca norte-americana apostou numa das maiores tendências de 2022. Vai apaixonar-se pela cor.
Alcança o equilíbrio que muita gente procura.

Ao longo da sua carreira, Claudia Schiffer protagonizou vários momentos icónicos na passarela. Um dos mais inesquecíveis foi quando surgiu vestida de noiva — normalmente, é o último look das coleções de alta costura — para a Chanel, em 1993. A imagem onde o ar sereno da modelo alemã envergando um vestido curto estilo corpete sobressai invadiu as páginas das revistas de moda.

Três décadas mais tarde, os corpetes voltaram a encantar com novas versões. Filmes e séries de época, como “Bridgerton”, ajudaram a catapultar estas peças para a ribalta e  tornaram-se um fenómeno na indústria. E são, claro, adotados em coordenados completos, que misturam a elegância com a sensualidade que o estilo emana.

Um vestido que nunca passa de moda.

Na famosa Asos, a marca que já conquistou milhares de clientes em todo o mundo, há um vestido que não passa despercebido. Num tom de verde menta muito suave, o vestido midi conta com um espartilho em renda, que contrasta com o soutien e a saia lisas. O decote em forma de coração e o corte ajustado ao corpo que cria uma figura em forma de ampulheta, também são dois fatores importantes.

Os corpetes há muito que deixaram de ser considerados uma escolha extrema ou controversa. Se antes eram associados a uma rigidez desconfortável, agora estão a ser incorporados em diferentes peças do guarda-roupa contemporâneo — tanto para usar no dia a dia como as que remetem para um estilo mais fetichista. Neste caso, apesar de sensualidade do rendilhado, não deixa de ser uma proposta muito dócil.

O vestido custa 49,99€ no site da ASOS, que faz envios para Portugal. Ainda existem tamanhos entre o 32 e o 46, ou seja, uma oferta muito vasta.

Se estiver pronta para revisitar à tendência dos corpete, carregue na galeria para conhecer sete formas diferentes de combinar a peça.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT