Lojas e marcas

Os ovos de cerâmica surrealistas que tornam todas as divisões especiais

Todas as peças são exclusivas e feitas à mão por Mariana Gomes. Transmitem a ilusão de que estão a derreter.
A marca foi lançada no final de 2023.

“Como gostas dos teus ovos?” A pergunta persegue Maggie, interpretada por Julia Roberts, no filme “Runaway Bride”. Aos poucos, a personagem percebe que a sua preferência mudava consoante o homem de quem estava noiva. Decide prepará-los de todas as formas imagináveis (ou quase todas) para descobrir a sua favorita.

Apaixonada pelo mundo das artes, Mariana Gomes — conhecida pelo canal homónimo no YouTube, onde soma mais de 84 mil subscritores — resolveu acrescentar uma nova possibilidade à lista. Ao lançar a marca eggs.pt, em novembro, mostrou que os ovos podem ser mais do que um alimento: são também peças de cerâmica surrealistas, irregulares e bastante originais.

As peças são moldadas à mão e, por isso, o resultado é sempre único. A forma, o peso e o tamanho variam, porém, todas têm algo em comum. O formato cria a ilusão de que estão a derreter, como se tivessem saído de um quadro de Salvador Dalí. No centro, a gema ganha sempre um rosto.

A ideia surgiu quando a criadora de conteúdos, de 24 anos, frequentava o curso de Pintura, Faculdade de Belas-Artes de Lisboa. “Sempre gostei de explorar várias vertentes. Quando comecei a pensar na parte da profissionalização, percebi que precisava de encontrar um foco”, começa por contar à NiT.

A fundadora da marca.

Apaixonou-se pela faceta tridimensional do barro nas unidades curriculares de cerâmica. Mariana preparava o trabalho de final da licenciatura — umas escadas criadas precisamente com aquela matéria-prima, quando pensou colocar um ovo a derreter na estrutura final, influenciada pelos pintores surrealistas que estudava.

“Surgiu através da experimentação. Começamos com muitos elementos e, depois, vamos reduzindo até chegar ao essencial”, explica. “O ovo começou por surgir apenas como uma forma. Quando pensei em algo a dissolver, fui transportada para essa ideia.”

Desde então, começou a pensar que podia vender criações semelhantes, numa escala mais pequena. Contudo, só no final do ano passado avançou com a ideia, quando concluiu que não havia uma altura certa para investir no conceito.

“Uma das coisas que aprendi com a cerâmica é que requer muita paciência”, frisa. É a mesma serenidade que mantém enquanto está à volta do barro. “Há menos margem para erros e, muitas vezes, fogem do nosso controlo. Dependem do tempo que temos ou da temperatura. Se alguma peça ficar mal, pode rachar.”

Trata-se de um processo de criação lento: 10 ovos pequenos podem levar cerca de duas semanas a produzir. Como Mariana não tem um forno próprio, aluga um externo e divide o processo por etapas. Começa com um lote de bases às quais vai aplicando os detalhes finais.

Todas as peças são únicas.

“Tive algum receio antes de avançar, porque as pessoas querem ver utilidade nos objetos. As minhas criações não têm nenhuma funcionalidade específica, mas vão deixar alguma pessoa feliz”, acrescenta. É essa a mensagem que tenta passar através das fotografias ou dos vídeos que partilha nas redes sociais.

Se o facto de ter um público vasto pode ser uma vantagem, Mariana admitiu que sentiu uma pressão acrescida. “Não o posso dar como garantido e apresentar algo sem qualidade”, explica. Ainda assim, o feedback acabou por ser positivo e a artista encontrou os seguidores (e não só) prontos para acolher estes ovos nas suas casas.

“As peças são todas parecidas, mas diferentes nas expressões faciais. Embora as apresente como uma série, aposto nesta exclusividade que as pessoas gostam, porque sabem que estão a comprar um objeto único”, destaca.

Apesar do nome da marca — que representa o seu lado abstrato —, os ovos não vão estar presentes em todos os lançamentos da marca. As próximas coleções podem contar com a referência à génese da etiqueta, mas a criativa quer desenhar e trazer novas ideias, aliadas a outras das suas paixões.

“Já estou a trabalhar numa coleção em que ainda tenho o elemento do ovo, mas com uma componente mais utilitária. Quero um equilíbrio entre a funcionalidade e o que gosto de fazer”, conclui. “Em mente, Mariana tem ainda o lançamento de outro tipo de produtos além da cerâmica, mas sempre com o foco na expressão individual.

Os “ovos derretidos” da eggs.pt estão disponíveis no site da marca e custam 38€ cada.

Carregue na galeria para ver mais imagens destas peças inusitadas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT