Lojas e marcas

Os sapatos de Anna Westerlund com a Zilian são uma explosão de “cores improváveis”

A marca portuguesa desafiou a ceramista para uma linha que une moda e decoração. E até há uma clutch a combinar.
O processo da parceria demorou 9 meses.

A loja Together, no Chiado, conta com dezenas peças de cerâmica de Anna Westerlund. Nas prateleiras do espaço, há ainda loiças, ilustrações, velas, flores secas, entre outros objetos decorativos. Agora, as prateleiras acolhem também algo de que os clientes da marca não contavam encontrar por lá: pares de sandálias.

A convite da marca portuguesa Zilian, a ceramista aceitou fazer parte de uma colaboração-cápsula, de edição limitada, que combina “formas e cores”, assim como “a moda e a decoração”. O resultado são vários modelos de sapatos (e uma carteira) que juntam a visão artística de ambos os lados.

“Gostamos de desafios e somos muito inspirados por tudo o que é arte. No fundo, queremos coisas que surpreendam os clientes e tragam algo inesperado”, conta à NiT Madalena Beirão, fundadora da Zilian. “Somos fãs do trabalho e da estética da Anna [Westerlund] e do talento dela.”

Todos os padrões, onde predominam as riscas, foram desenhados pela ceramista, inspirada nas suas peças. Entre a idealização e a concretização dos esboços, o processo durou cerca de 9 meses e contou com muitas horas de trabalho, assim como experiências de tentativa e erro. “Tivemos de fazer vários estudos para redimensionar os desenhos para o modelo mais adequado”, acrescenta.

A ceramista com os modelos que desenhou.

A coleção é composta por dois modelo exclusivos, com preços entre os 119,90€ e os 129,90€. As babuchas contam com contas de vidro, peças cerâmicas, fios de algodão e fitilhos em pele. Já as sandálias juntam peças de cerâmicas, linhas de algodão e fitilhos em pele que adornam o seu exterior em pele estampada, com franjas em camurça.

“Trata-se de uma edição limitada a 300 pares, o que significa que são 600 sapatos feitos com detalhes à mão, porque cada pé é trabalhado manualmente”, frisa Madalena. No fundo, o objetivo foi trazer “esta riqueza da criatividade portuguesa” para a indústria dos calçados.

Para fazer match, a linha inclui ainda uma clutch, disponível em duas versões, por 9,90€. Uma é em pele com o desenho estampado em preto e branco, a outra em camurça bicolor para funcionar com as franjas, em tons de fúcsia e laranja.

Os materiais — peles, camurças e franjas — são ainda complementados pelas cores escolhidas. “A Anna teve liberdade total. O ADN da marca tem a cor muito presente e quisemos que ela pudesse brincar e explorar todos os caminhos”, reforça. Por isso, tentaram juntar “cores improváveis para que o resultado fosse mais divertido”.

Cada modelo é produzido de forma artesanal, garantindo que cada par de sapatos seja verdadeiramente único e exclusivo. A pele das peças é gravada com prints e desenhos feitos pela artista e as aplicações são meticulosamente produzidas e, a seguir, colocadas manualmente.

Os produtos, como é habitual, são produzidos em Portugal e os preços variam entre os 9,90€ e os 119,90€. Para os experimentar ou comprar, pode dirigir-se às lojas das marcas na Avenida António Augusto Aguiar e na Rua Garrett, em Lisboa, assim como através do site.

Aproveite e carregue na galeria para ver as propostas que fazem parte desta linha exclusiva.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT