Lojas e marcas

Paez regressa a Lisboa com nova loja em Campo de Ourique

A marca quer consolidar a sua presença no País com este espaço. A flaship store fica num dos bairros mais acolhedores da capital.
Um novo canto para os fãs da marca.

Entre o público português, o calçado da Paez já é considerado um marco do verão. Ainda assim, a marca continua a aprofundar a consolidação no mercado nacional e acabou de abrir, no mês de junho, uma nova flaship store num dos bairros mais acolhedores de Lisboa, Campo de Ourique. O espaço localizado no número 77A da Rua da Infantaria 16, em Lisboa, é a nova porta de acesso ao conforto e à familiaridade transmitidos pela etiqueta. 

Esta inauguração regista o regresso da Paez à capital portuguesa. Já estiveram presentes numa primeira loja na Rua das Janelas Verdes, entre 2013 e 2017, e no Chiado entre os anos de 2017 e 2021. No entanto, devido a às suas vendas tão sazonais decidiram procurar um novo posicionamento estratégico.

“Com a saída do Chiado, assinámos um contrato para entrar num período de obras e mudanças e entrar em junho”, explica à NiT Ricardo Ramos, responsável pela marca. Explica ainda que a marca funciona, sobretudo, entre abril e setembro. “O último e primeiro trimestre do ano são de preparação, onde planeamos o ano seguinte, as campanhas e as promoções”.

No entanto, há um desejo de apostar menos na sazonalização na sua operação, um objetivo que é concretizado pelo trabalho em hemisférios diferentes: “Não trabalhamos só em Portugal, trabalhos noutros países e já estamos a abrir na África do Sul, América-Latina, Japão e Austrália”.

O regresso ao retalho físico

Optaram por voltar a instalar-se em Lisboa, onde se sentem em casa, e que descrevem como “a capital da Paez”. Não só foi a cidade onde começou a história da marca em Portugal, no ano de 2009, mas também onde têm uma maior concentração de pessoas.

No caso de Campo de Ourique, em específico, as vantagens passam por ser um bairro lisboeta com cariz residencial e tradicional, mas cada vez mais cosmopolita. “Acolhe bastantes estrangeiros que vieram para cá viver. E estamos perto de uma escola internacional, o que nos ajuda a comunicar não só com portugueses”, explica.

A necessidade de abrir uma flagship store prende-se com o desejo de que os clientes a possam visitar o ano inteiro, ver as coleções – incluindo a mais recente, Depolarise – na integra, e tenham oportunidade de conhecer o calçado ao vivo e não apenas através do site, porque “ainda não chegámos ao momento em que o online é tão tangível quanto o offline”.

A exposição dos sapatos.

Com cerca de 50 metros quadrados de área útil e um armazém por baixo, a loja destaca-se pelas vitrines e pela visibilidade para fora. Ao mesmo tempo, ao montarem o espaço de exposição, regeram-se pelo lema de que o produto é tudo, deixando o local mais crua e despida, numa fase inicial, que dá mais visibilidade aos artigos.

A Paez vende pelo produto. Apesar de ser uma marca responsável, nós não nos vendemos assim. Somos um produto simples e de verão, que vende lifestyle e boa disposição. Uma loja Paez tem que ter visibilidade do produto”.

A nova localização servirá também como um ponto logístico para parcerias de delivery, como a Glovo ou o El Corte Inglés Online. De acordo com o responsável, “a venda ao público é o principal”, mas estão a abrir outros canais de distribuição com origem na loja.

Enquanto não chega a temporada baixa, quando vão fazer uma avaliação do projeto, o objetivo é aproveitar a temporada de verão porque, chegado o mês de outubro, as tornam-se mais complicadas.

Pode passar pelo número 77-A da Rua da Infantaria 16 para conhecer este novo espaço, assim como visitar o site da marca em Portugal.

Carregue na galeria para conhecer os modelos mais vendidos na loja online da Paez.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT