Lojas e marcas

Pickles Caps: a marca portuguesa de bonés cool e baratos para os dias de sol

O projeto foi criado durante a pandemia por dois irmãos que nunca tinham tido um boné no armário. Agora, não saem de casa sem eles.
Há propostas com duas cores.

A ideia surgiu em maio do ano passado, quando o País começou lentamente a desconfinar. Tomás Cardoso Pinto, de 29 anos, foi ter com dois amigos que estavam a usar bonés e decidiu nesse momento que também queria comprar um. “Quando comecei a procurar, apercebi-me de uma falha no mercado: não havia bonés que fossem ao mesmo tempo giros, discretos e acessíveis”, conta à NiT.

Mais tarde, em conversa com o irmão Manuel, de 23 anos, percebeu que havia ali uma oportunidade de negócio. Juntos, pensaram em lançar uma marca própria que pudesse responder à vontade que partilhavam de ter um tipo de boné específico. Muitos outros portugueses poderiam também querer uma peça deste género.

Ao longo do verão, essa ideia começou a ganhar contornos. Chamaram-lhe Pickles Caps e começaram a produzir os modelos que eles mesmos desenharam e a vendê-los no Instagram. Mais tarde, veio a loja online.

“O nosso conceito passa por dar cor à vida, é o nosso slogan e o mote pelo qual nos seguimos. Durante este ano de pandemia que passámos e que ainda estamos a viver, quisemos trazer cor e alegria para animar os dias cinzentos”, continua Tomás. “Pensar, planear e arrancar com o negócio foi uma das alegrias que tivemos durante o confinamento.”

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Pickles (@picklescaps)

Apesar da dedicação que colocaram na marca, a grande ironia é que nenhum dos dois fundadores alguma vez tinha tido um único boné no armário até aquele dia. “Hoje não saímos de casa sem um na cabeça”, refere o mais velho.

“Acreditamos que são os pequenos pormenores que fazem a diferença e é isso mesmo que comunicamos: como um simples acessório pode dar mais ânimo à vida. No fundo, usar um boné significa que estamos ao ar livre, que fomos passear, à praia ou a um jardim e é para isso mesmo que queremos que se usem os nossos Pickles — para viver e aproveitar os bons momentos da vida.”

Até maio deste ano, a Pickles Caps esteve num processo lento de lançamento que só ganhou tração, finalmente, em maio de 2021, quando resolveram fazer a apresentação oficial da marca ao mesmo tempo que criaram as primeiras propostas para os miúdos: os Mini Pickles. “Foi algo que muitos clientes nos pediam e que vimos como um passo necessário”, explicam os irmãos.

Nos próximos meses, prevêem ainda lançar uma coleção de bucket hats coloridos e começar a vender em lojas multimarcas. Têm ainda trabalhado com outras marcas que os procuram para oferecer produtos personalizados.

Lançar um negócio durante a pandemia não foi fácil, mas a perspetiva, dizem, é de crescimento. “Temos tido bastante adesão e esperamos continuar, ainda para mais agora que vem aí o verão e os dias de sol que pedem cor e Pickles”.

Os Mini Pickles custam 15€. Os Pickles Simples, de uma cor custam 17€, tal como os Meia Canja, que são feitos com painéis de duas cores diferentes. Já as edições com bordados (Meio Metrinho e Lusco-Fusco) estão à venda por 18€. Está tudo à venda no site.

A seguir, carregue na galeria para conhecer algumas propostas da Picles Caps.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT