Lojas e marcas

Problemas judiciais levam Luís Borges a reestruturar marca e a fechar redes sociais

Criada em 2021, a Call Me Gorgeous chegou a inaugurar uma loja física. Problemas no registo do nome da marca estão na origem da decisão.
A marca inaugurou a primeira loja no ano passado.

O manequim Luís Borges, fundador da marca de moda Call Me Gorgeous, anunciou esta segunda-feira, 15 de abril, que vai fazer uma reestruturação do negócio e que até esse processo estar concluído, irá encerrar as contas nas redes sociais. Tudo começou quando a Essence Flow, Lda registou formalmente o nome Call Me Gorgeous junto do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), algo que o modelo nunca chegou a fazer.

“A 15 de agosto de 2021 compartilhei convosco o que se tornaria o meu mais recente projeto criativo e, sem dúvida, um dos desafios mais emocionantes e intensos da minha vida. Com o mesmo nome da minha empresa, Call Me Gorgeous, Unipessoal Lda., criei uma marca de acessórios que reflete a minha personalidade e os meus valores”, começa por escrever.

Acontece que apesar de estar no mercado há três anos — e já ter feito parte de eventos de renome no setor de moda e comércio, como a ModaLisboa, a Lisboa Fashion Week e o Winter Stylista Market — o nome da empresa não estava registada formalmente no INPI. A concorrente acabou por fazê-lo. Um gesto que o modelo qualifica como atitude de “má fé e abuso de direito (…), com o objetivo de obter benefícios ilícitos, conforme poderá ser facilmente demonstrado às autoridades competentes”.

“No dia 16 de março de 2024, a Call Me Gorgeous Unipessoal Lda recebeu uma notificação, via e-mail, por parte do representante da sociedade Essence Flow, Lda, informando sobre o registo da marca comercial Call Me Gorgeous, realizado por esta última e concedido a 31 de dezembro de 2023 pelo INPI”, conta.

O comunicado refere ainda que a empresa concorrente apresentou uma denúncia contra a página de Instagram da sua marca, o que resultou na “suspensão e na impossibilidade de utilização desta, até decisão final por parte da plataforma”.

Desta forma, Luís Borges decidiu suspender temporariamente as atividades públicas do projeto, com o intuito de permitir a sua reestruturação e retorno, enquanto aguarda o desenrolar dos processos instaurados pela Essence Flow, Lda.

Como a NiT já lhe tinha contado, a 16 de agosto do ano passado, a marca inaugurou a sua primeira loja física, estando instalada na galeria LAPA 71, em Lisboa. Criar o espaço de 60 metros quadrados foi a forma do modelo celebrar o segundo aniversário da sua criação.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT