Lojas e marcas

Wetheknot: já abriu a primeira loja física da marca minimalista portuguesa

Fica situada em Alfama, um dos bairros mais antigos de Lisboa. Por lá encontrará peças de roupa produzidas para durarem anos.
Um novo spot em Alfama.

Depois de mais de uma década a encantar o País com peças muito elegantes, o minimalismo da marca nacional wetheknot ganha um espaço próprio. A loja foi inaugurada no final de 2021, em Alfama, pelo duo por trás do negócio. Sérgio Gameiro, designer de moda, e Filipe Cardigos, designer gráfico uniram forças no espaço que veio mudar o cenário comercial do bairro histórico.                                                                                      

Além das vendas online, a dupla já vendia numa loja física partilhada, no Bairro Alto. Porém, o sonho passava por abrirem uma localização própria para “comunicar a marca de uma forma autêntica” e sem compromissos. Conseguiram cumprir o desejo no final de 2021, abrindo a boutique pet-friendly num dos bairros mais conhecidos e típicos da capital.

“Estávamos há dois anos à procura de uma loja. Quando vimos o espaço nesta rua, achamos que as características da nossa marca o tornariam nosso”, explica Sérgio. Queriam um sítio onde existisse muita circulação de pessoas, mas também preencheram uma lacuna na zona: “O feedback das pessoas que moram aqui é positivo porque, no meio de muitas lojas de souvenirs a venderem as mesmas coisas, um espaço de roupa jovem não é muito comum.”

A decoração é clean e minimalista.

Neste novo espaço, encontrará as peças características da sua filosofia slow-fashion. Marcada pelo minimalismo estético, simplicidade e intemporalidade, produzem roupa com tecidos bastante macios. Paralelamente, são “minimais porque queremos que as pessoas, quando compram uma peça nossa, a tenham durante o mais tempo possível” e com um design que possa ser usado daqui a uns anos.

A loja tem cerca de 30 metros quadrados, uma dimensão reduzida, e apresenta uma imagem neutra e moderna. Não queriam que o espaço ficasse muito cheia, de forma a que os “artigos pudessem respirar” e que as pessoas possam olhar para eles. Os dois criativos trataram das obras e tornaram o pequeno estabelecimento numa galeria: “Tem um aspeto muito simples, em tons neutros, com toda a mobília e a estrutura com materiais mais frios e industriais para contrastar com as nossas peças quentes”.

A entrada da loja.

A história da wetheknot

O projeto surgiu em 2010 de forma muito orgânica. Os dois cofundadores conheceram-se no Porto, acabados de sair da faculdade, e tudo começou com um desafio proposto por Filipe, atualmente com 38 anos. “Ele recolhia os guarda-chuvas estragados da rua, desmancha-os e guardava os tecidos. Um dia, apresentou-se um saco cheio e desafiou-me a fazer alguma coisa com o material”, conta à NiT Sérgio, de 34 anos.

Desenvolveram a primeira coleção com dez calções de banho masculinos, uma vez que a matéria-prima era impermeável e leve. O uso de um material reaproveitado de forma engenhosa gerou bastante interesse.  Ainda assim, de acordo com o designer de moda, “o mercado ainda não estava preparado para aquele tipo de produtos” e apostaram em tecidos comprados, mas sempre com a sustentabilidade presente.

Numa fase inicial, destacaram-se pelos acessórios, nomeadamente as carteiras, e foram progredindo naturalmente. Começaram a surgir peças de roupa, trabalhadas com matérias-primas sustentáveis em solo nacional. Atualmente, mais de metade da produção é feita num estúdio, localizado na Mouraria, colaborando com um costureiro, Sohil Vahora. A outra metade é feita por Dona Manuela, uma colaboradora de Vila Nova de Famalicão.

Mais do que uma produção de moda sustentável, é nas relações humanas que o projeto encontra o âmago do seu ADN. Nestas colaborações com artistas locais, a estética clean da wetheknot é o reflexo do cuidado dos criadores em ter um espaço onde todos são recebidos de braços abertos.

Além de poder visitar a loja no número 41 da R. de São João da Praça, pode conhecer a oferta da marca no site. Carregue na galeria para conhecer algumas das peças do catálogo da wetheknot.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT