Lojas e marcas

Wheat & Rose: a marca portuguesa com padrões lindos desenhados em aguarela

As peças de qualidade e intemporais são desenhadas pela fundadora para "passar de geração em geração".
As peças são maravilhosas.

Foram as paisagens tão características do Alentejo que inspiraram a nova linha da Wheat & Rose, a marca portuguesa de affordable luxury que cria padrões maravilhosos, desenhados à mão em aguarelas. Depois do sucesso da primeira coleção, lançada em maio do ano passado, as novas peças chegaram ao site no fim de abril e incluem kimonos, vestidos e tops fluídos, com cortes simples e elegantes.

“É uma marca que reflete muito a minha identidade”, explica à NiT Maria Veloso, a fundadora. É ela quem desenha todos os modelos, que são produzidos em Lisboa com materiais confortáveis e de qualidade, como a seda ou o cupro, um tecido reciclado. O objetivo é criar peças duráveis, já que um dos valores principais da marca é promover um consumo mais consciente, que preserve o bem-estar do planeta.

À primeira vista, é impossível ignorar os padrões da Wheat & Rose. Desenhados em aguarelas pela ilustradora Maria Rocha, formam flores azuis, cor de rosa ou verdes, com pequenos detalhes em dourado, quase invisíveis aos olhares menos atentos. São tão bonitos que poderiam tornar qualquer peça básica em algo de muito especial, mas complementam na perfeição os cortes das roupas sofisticadas da marca, com uma elegância subtil e intemporal.

“Sempre quis ter uma marca em que pudesse expressar a minha criatividade e a minha forma de estar no mundo”, revela a designer e fundadora, de 26 anos. Maria estudou Design de Moda na Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa, fez Erasmus em Milão e tirou um mestrado em Gestão na Universidade Católica Portuguesa, que terminou em 2018. No entanto, esta área nunca foi o seu principal interesse, servindo antes de forma a criar bases que lhe permitissem trabalhar numa área criativa.

Quando decidiu lançar o seu próprio projeto, a moda foi a escolha natural. Para lhe dar um nome, inspirou-se na sua bisavó, Angela Trigo da Roza, cujos apelidos foram traduzidos para o inglês e usados para compor Wheat & Rose. 

“A minha bisavó viveu entre Hong Kong e Portugal, onde teve acesso ao requinte asiático e à simplicidade portuguesa”, conta Maria, acrescentando que são esses os conceitos base da marca. “A nossa missão é oferecer peças versáteis e requintadas que à, semelhança do tempo das nossas avós, possam passar de geração em geração”.

Foi talvez essa autenticidade da marca que chamou desde cedo a atenção de algumas das principais influencers portuguesas, mas também espanholas. Helena Coelho, Mafalda Patrício e Teresa Andrés Gonzalvo são apenas algumas das it girls que partilharam fotografias nas suas redes sociais a vestir os maravilhosos kimonos e vestidos da marca, cujos preços podem ir dos 80€ aos 285€.

Com o mundo a atravessar uma pandemia, o lançamento da nova coleção veio acompanhado de algumas medidas especiais: “Estamos a investir mais no online do que seria de esperar”, começa por explicar Maria, que decidiu também produzir máscaras reutilizáveis com os excedentes da produção para oferecer às clientes.

No universo das marcas premium, a designer explica que é especialmente importante mostrar a qualidade do produto ao vivo, para que as clientes possam conhecer melhor as peças e a qualidade da sua confeção, mas essas situações estão a ser colmatadas com um maior acompanhamento online.

As roupas da Wheat & Rose estão à venda na loja online e os portes de envio são grátis, para encorajar as encomendas nesta fase da pandemia. No entanto, poderá também conhecer esta marca portuguesa em breve no espaço RICE – Marta Mantero, na Comporta cuja data de abertura ainda não foi anunciada.

De seguida, carregue na galeria para conhecer alguns dos modelos da segunda coleção da Wheat & Rose, From Angela To You.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT