Lojas e marcas

Xula Mask: a máscara transparente reutilizável está mais segura e impermeável

Foram feitas a pensar sobretudo nos surdos, que precisam de ler os lábios, mas também podem ajudar pessoas autistas, com demência senil ou Alzheimer.
Estão á venda online.

No dia 2 de setembro, os responsáveis pela Xula Mask anunciaram duas novidades que chegam mesmo a tempo do desconfinamento faseado para tornar os convívios mais seguros. A máscara reutilizável de tecido transparente foi criada para facilitar a leitura labial ao mesmo tempo que garante toda a segurança aos utilizadores perante potenciais ameaças bacterianas.

Agora, a marca procedeu ao reforço da compactação do tecido transparente, o que resulta numa redução ao mínimo dos nano poros entre os fios do tecido. Esta característica elimina a entrada de bactérias e germes, bem como vírus ou outros elementos externos potencialmente nocivos. 

Ao mesmo tempo, e devido à complexidade estrutural do tecido utilizado, também permite melhorar significativamente a respirabilidade, melhorando o conforto na utilização.

Em segundo lugar, foi adicionado um novo tratamento repelente de água de alta tecnologia, o que permitiu melhorar as taxas de impermeabilidade da Xula Mask e, assim, a segurança do utilizador contra gotas externas potencialmente contaminantes.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Xulamask PT (@xulamask_pt)

Por fim, a Xula Mask fechou uma parceria com a empresa suíça Heiq e, em colaboração com o projeto, passou a usar a tecnologia Viroblock como revestimento final nas máscaras. Esta inovação, que foi testada em laboratórios europeus, neutraliza a ação de germes, vírus e bactérias em 99 por cento num período máximo de 10 minutos, reduzindo ao máximo, garantem, as potenciais infeções.

Depois de feitas as três melhorias, foram realizados novos ensaios e enviadas amostras para análise num laboratório credenciado pela ENAC, o AMSLAB, em Lugo, na Galiza, Espanha. Os resultados foram comprovados, com emissão do respetivo certificado.

Estas máscaras higiénicas reutilizáveis foram feitas a pensar sobretudo nos surdos que precisam de ler os lábios, mas também podem ajudar pessoas autistas, com demência senil ou doença de Alzheimer — que ficam facilmente desorientadas se não puderem ver o cuidador.

São feitas num têxtil reutilizável que resiste até 40 lavagens e podem ser lavadas à mão ou na máquina nos programas de seda ou a 60 graus. Já a secagem pode ser feita com um secador a quente para reativar o revestimento protetor. Por ser um tecido altamente respirável, estas máscaras têm outra vantagem para quem usa óculos, uma vez que evitam a condensação e o embaciamento.

Segundo um estudo científico realizado por investigadores da Universidade Ben-Gurion do Negev, em Israel, e da Universidade de York, no Canadá, as máscaras sociais podem realmente impactar na identificação das pessoas. As máscaras transparentes facilitam os relacionamentos, reduzem a desconfiança e aumentam a abertura ao próximo, combatendo alguns dos efeitos mais negativos deste equipamento.

Durante a pandemia, também Sofia Mirpuri, de 27 anos, se apercebeu de uma dificuldade sem quaisquer precedentes para as pessoas com deficiências auditivas: a comunicação com o uso obrigatório de máscaras de proteção. Depois do primeiro confinamento no nosso País, sentiu a necessidade de criar uma solução prática que pudesse ajudar milhões de pessoas. Foi assim que surgiu a Listen To My Lips, uma marca portuguesa de máscaras de tecido com janelas transparentes que permitem fazer a leitura dos lábios. Leia o artigo da NiT para conhecer a sua história.

A Xula Mask tem propostas para homem, mulher e para os miúdos. Os preços variam entre os 16,95€ e os 24,95€. A seguir, carregue na galeria para conhecer algumas opções à venda na loja online portuguesa.

A seguir, carregue na galeria para conhecer alguns modelos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT