Lojas e marcas

Zippy passa a cobrar pelos sacos descartáveis para travar o desperdício

A marca portuguesa lançou um saco de pano feito de algodão para assinalar esta campanha. Já está à venda nas lojas e online.
O novo tote bag.

Desde quinta-feira, 15 de outubro, que a Zippy cobra pelos sacos e envelopes de papel nas lojas físicas da marca, com o objetivo de incentivar os consumidores a reduzirem o seu consumo. Ao mesmo tempo, a marca lançou o ZY Tote Bag, um saco de algodão reutilizável que serve para transportar produtos comprados na marca, mas também outros objetos no dia a dia.

Este saco já está à venda no site e em todos os espaços da Zippy no nosso País por 2,20€. No entanto, os responsáveis reforçam que não pretendem obter qualquer tipo de lucro com esta iniciativa, tendo sido os preços fixados nos custos de produção dos tote bags, mas também dos sacos de papel e envelopes, que custam agora entre 10 e 20 cêntimos.

“Consciente de que no ano 2019 foram consumidos mais de dois milhões de sacos de papel da marca, a Zippy quer agora ir mais longe e sensibilizar os consumidores para a importância da reutilização, para quebrar o ciclo vicioso da criação de desperdício”, anunciaram os representantes, acrescentando: “É preciso ter a consciência de que, antes da reciclagem, todos devemos consumir menos e reutilizar mais.”

Nos últimos anos, a marca tem assumido uma preocupação de optar por soluções mais sustentáveis, não só na seleção de matérias-primas orgânicas e recicladas para os seus produtos como também nos consumíveis e equipamentos da loja. No ano passado, já tinha substituído os sacos de plástico por sacos de papel reciclado e alterou as etiquetas para uma solução mais pequena, também em cartão reciclado.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT