Moda

10 peças em crochet coloridas e trendy para os looks da silly season

A grande tendência dos anos 60 está de volta em peso à indústria da moda e invadiu as maiores fast fashion do mundo.
Esteve nas passereles da Semana da Moda de Nova Iorque.

Foi inventado como um método para produzir um substituto barato da renda. Com estes primórdios humildes, foi difícil para o crochet ultrapassar a reputação que lhe foi atribuída no mundo da moda como um método de confeção inferior.

As coisas começaram a mudar quando a Rainha Vitória de Inglaterra lhe deu o seu selo de aprovação ao comprar renda de crochet feita pelas mulheres irlandeses que estavam a tentar sobreviver durante a grande fome do século XIX. A própria monarca aprendeu a técnica e produziu oito cachecóis de crochet para os veteranos da guerra da África do Sul. Quando o seu reinado chegou ao fim, o país já estava rendido a este tipo de confeção.

crochet
Twiggy.

Ganhou terreno durante os anos 20 e 30 do século XX, nos anos 40 era uma forma popular de fabricar peças baratas durante a guerra. Quando os anos 60 chegaram, as peças tricotadas tornaram-se incontornáveis na indústria da moda, tomando forma de vestidos, coletes, macacões e casacos. Foi nessa altura que apareceram os estampados conhecidos como granny squares (ou “quadrados da avó”). Twiggy, a grande it girl da época, era adepta.

Em 2021, o crochet está novamente in e espalhou-se pelas semanas da moda e fast fashion — mas a conotação de proposta barata é uma noção longínqua. A NiT reuniu algumas das peças mais giras em que pode apostar este verão. Carregue na galeria para as conhecer.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT