Moda

Adira à tendência colour block: descubra as melhores combinações de cores contrastantes

A moda que promete pintar as ruas com todas as cores do arco-íris permite infinitas conjugações. A NiT sugere-lhe algumas.
É hora de arriscar.

Numa altura em que as pessoas querem elementos com um espírito energético no seu guarda-roupa, numa tentativa de escapismo aos problemas do mundo, assistimos ao renascer de um estilo mais kitsch através do uso de cor.

Este fenómeno é designado por moda dopamina, numa alusão ao neurotransmissor cerebral ligado ao humor, ao bem-estar e às sensações de prazer. Tenta injetar no dia a dia a dose de otimismo necessária para se seguir em frente — apesar da crise pandémica dos últimos dois anos e do atual conflito na Ucrânia. E é também uma forma de impulsionar a retoma o consumo de vestuário, acessórios, entre outros.

Os desfiles das grandes marcas apostam em tonalidades saturadas, as ruas voltam a explodir com tons vibrantes e o contraste volta a fazer parte da equação.

Esta tendência poderá não agradar às mulheres mais discretas, mas é uma forma de fazer da moda um divertimento e explorar as várias opções que pode atingir com as coordenações do círculo cromático. De forma muito resumida, o colour block – ou blocos de cor, numa tradução literal –, vem para despertar a criatividade na escolha dos coordenados.

Se estiver a dar os primeiros passos neste tipo de combinações, o truque é usar cores que estão próximas uma das outras no círculo cromático, como o azul e o verde, por exemplo, para obter um resultado mais harmonioso. Pode também descobrir como aproveitar o uso de cor através de acessórios que complementem as peças e, aos poucos, conseguir conjugações muito alegres.

Numa segunda fase, se procurar um visual chamativo e visualmente impactante, escolha cores mais fortes e faça alianças que à partida podiam ser improváveis, como o laranja e o azul — a aí, o estilo será a sua palavra de ordem.

Carregue na galeria e fique a conhecer as sugestões da NiT para se render ao uso de cores contrastantes — e descobrir como não errar com esta tendência.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT