Moda

Aos 76 anos, Cher soma e segue: desfilou (e deslumbrou) na semana da moda de Paris

A cantora encerrou o desfile da Balmain ao som do seu tema “Strong Enough” e mostrou-se emocionada com o convite.
O momento entre a cantora e o designer foi de cumplicidade.

Nas semanas da moda, as maiores estrelas costumam estar nas primeiras filas a assistir aos desfiles, mas não foi isso que aconteceu em Paris. Ao som da emblemática canção “Strong Enough”, de 1999,  Cher surpreendeu o público que assistia à apresentação da Balmain esta quarta-feira, dia 28 de setembro — a cantora encerrou a mostra de looks. A presença da artista de 76 anos tornou-se o assunto mais comentado do dia.

Quando o desfile de propostas para a estação quente de Olivier Rousteing, diretor-criativo da marca francesa, chegou ao fim, houve tempo para mais uma aparição. A estrela pop usava uma das novas carteiras da insígnia e desfilou com um total look em spandex prateado, justo ao corpo, e botas de plataforma pretas.

O primeiro e o último modelo apresentados são, por norma, os mais importantes de uma apresentação de moda. São, afinal, os responsáveis por introduzir e encerrar a narrativa que é contada a quem assiste. Por isso, no momento da despedida, a artista foi recebida de braços abertos pelo designer, num momento de grande cumplicidade.

O visual futurista da cantora.

“Todos nós inventamos. Alguns têm apenas mais imaginação.” Este foi o mote que introduziu a coleção e, por isso, ninguém melhor do que a camaleónica Cher — que tem assumido várias identidades e estilos ao longo da sua carreira — para fazer justiça à citação.

No Twitter, a cantora do hit “Believe” reforçou a felicidade que sentiu por participar do desfile. “Acabei de me divertir muito no palco e foi ótimo! Provavelmente o melhor espetáculo de todos!”, escreveu. “As modelos tinham uma beleza de outro universo e roupas de morrer. Olivier também… E o palco estava a chamar-me: ‘Cher, vem para casa’”.

A coleção, intitulada “Festival Balmain”, foi apresentada no estádio Stade Jean-Bouin, em Paris, local escolhido devido à sua capacidade. Cerca de 8 mil pessoas assistiram à apresentação cheia de referências à herança africana do criador e a figuras mitológicas, como Vénus ou Apolo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT