Moda

Arrisque sem medo: 21 vestidos que se vão tornar (literalmente) numa segunda pele

Nesta estação, a peça feminina fundamental em qualquer armário surge num material cool, ousado e sintético.
O estilo está por todo o lado.

Desde a pré-história, quando as peles surgiram como a forma mais rudimentar do ser humano se vestir, que a matéria-prima se tornou um marco no mundo da moda. Da inicial necessidade de abrigo e sobrevivência ao mero desejo por um estilo arrojado, a longa linha temporal divide duas formas distintas de olhar para o material. E não é preciso olhar tão para trás para perceber a forma como a nossa visão foi mudando.

Pode ser curto ou comprido, em tons de preto ou até colorido. O vestido ideal para a estação fria pode assumir inúmeras formas, mas o estudo de tendências afirma que, desde que seja, em pele, os demais detalhes da construção da peça podem ficar ao seu gosto. Apenas há um requisito que tem sido visto nos escaparates das lojas: substitui-se a matéria-prima animal por alternativas sintéticas.

Felizmente, graças às novas tecnologias, os vestidos com efeito de pele têm-se afirmado no mercado como uma peça que define o espírito cool da época, podendo conferir um ar rockeiro aos looks ou seguir um caminho mais sexy. As propostas que encontramos nas lojas estão longe dos looks estilo dominatrix — e vamos ser sinceros, ninguém os vai usar na rua — que foram muito tempo associados ao tecido.

O fascínio com o estilo não começou pelos vestidos, mas sim pelos blusões. Nomes como Madonna, Joan Jett ou Debbie Harry transformaram os casacos de pele num statement essencial em qualquer guarda-roupa, feminino ou masculino. Com o sucesso que se gerou em torno da peça, que começou por ser usada pelos pilotos da Primeira Guerra Mundial, não foi preciso muito tempo até ser adaptado a outras peças.

Atualmente, no mercado, há saias, blusas e calças que prometem transformar o seu visual e acrescentar carisma a quem as coloca no corpo. Porém, não há promessa mais satisfatória do que saber que conseguimos ter um look pronto em meros segundos. É neste sentido que surgem os vestidos, no mesmo material, e prontos para invadir o guarda-roupa de todas as estações, incluindo o outono.

Vimos vários vestidos de pele a desfilar nas semanas da moda, tal como na coleção da Bottega Veneta, da Calcaterra e, em maior número, da Chloé. Na apresentação da Marni, assumiram muitas cores, enquanto Rick Owens preferiu o preto. A verdade é que enquanto algumas das grandes marcas já utilizam versões sintéticas destes coordenados, outras continuam a resistir a esta alteração. Por isso, é necessário uma filtragem mais atenta.

Das peças mais casuais às mais chiques, passando por algumas menos consensuais, a NiT reuniu uma seleção de vestidos com efeito de pele para si. Há modelos de várias cores, preços e marcas.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT