Moda

Cada um veste o (uniforme) que quiser. Companhia aérea acaba com fardas por géneros

Todos os tripulantes podem escolher entre o traje com saia ou calças e vão usar crachás com os pronomes com que se identificam.
A nova política defende a autenticidade.

As companhias aéreas são empresas conhecidas pela rigidez dos dress codes dos funcionários que exercem determinadas funções. A tripulação, os pilotos e a equipa de terra têm de seguir diretrizes muito específicas sobre o que podem (ou não) vestir. Porém, algo está prestes a mudar no mundo da aviação. A companhia britânica Virgin Atlantic decidiu acabar com a distinção entre a farda masculina e feminina.

De forma a respeitar a identidade de género e de expressão dos funcionários, os uniformes desenhados pela estilista Vivienne Westwood deixaram de estar categorizados como masculinos ou femininos. Os modelos variam entre um blazer vermelho, que pode ser complementado com uma saia-lápis ou calças de alfaiataria, e fatos castanhos com coletes cinzentos.

“É muito importante para nós que os nossos funcionários sintam que podem adotar a sua individualidade e que podem mostrar o seu verdadeiro eu no trabalho”, diz Juha Järvinen, diretor comercial da Virgin Atlantic, citado pelo “The Guardian”. “Permitimos que usem o uniforme que melhor se adapta à forma como se identificam e queremos que abordem os clientes pelos seus pronomes preferidos.”

Os tripulantes vão passar a usar emblemas com os pronomes pelos quais querem ser tratados e o mesmo é válido para os passageiros. No momento do check-in os viajantes podem um pedir o crachá onde determinam a forma como preferem ser tratados pela tripulação, para garantir que não existem equívocos.

Michelle Visage, uma das juradas fixas do reality show “RuPaul’s Drag Race” foi um dos rostos da campanha que anuncia a nova medida da companhia aérea. A ativista dos direitos LGBTQIA+  aplaudiu a nova política da empresa, lembrando que “as pessoas sentem-se empoderadas quando vestem aquilo que melhor as representa”.

Carregue na galeria para ver mais imagens dos uniformes — agora sem categoria  da Virgin Atlantic.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT