Moda

Desfile de sensualidade. Os primeiros biquínis ousados desta temporada

De Carolina Patrocínio a Margarida Corceiro, os modelos invadiram os feeds das redes sociais. Descubra as tendências para 2024.
Carolina Carvalho e Juliette

Para quem tem milhares de seguidores nas redes sociais, não há lugar para fotos sem hashtags — e o nome das marcas de roupa, sapatos e acessórios está identificado em todas as imagens. Mesmo assim, ainda há quem comente. “Estás linda. Onde compraste o biquíni?”.

Todos os anos, os designs arrojados e os padrões irreverentes dos fatos de banho das celebridades despertam muita curiosidade. Durante os meses de verão, à medida que desfilam pelos nossos feeds com os seus modelos de eleição, dá-se origem a muitas pesquisas sobre os conjuntos.

Este ano, não é diferente. De Carolina Patrocínio a Júlia Palha, Carolina Carvalho ou Liliana Filipa, os primeiros biquínis deste verão já começaram a aparecer e a definir as tendências da estação. Se quiser seguir as pisadas, nós damos uma ajuda.

Uma das marcas mais populares é a Missus Swimsuit, usada por Rita Pereira ou Margarida Corceiro. A etiqueta foi criada pela prima da atriz de 21 anos, a designer Marta Matias, que é fã de cores fortes, padrões diferentes e possíveis conjugações. Todos os modelos são produzidos em Portugal com licras italianas.

A par dos sucessos habituais, como a Drope Clothing, a Cantê ou a Latitid, há novos nomes a conhecer. Patrocínio, por exemplo, deixou-se apaixonar pelos modelos da Bolky, uma nova marca de swimwear, lançada em maio. Todos os modelos da etiqueta, criada por Sofia Jardim e Juliana Costa, foram desenhados a pensar em mulheres com mais de 30 anos.

Além das marcas, há clássicos incontornáveis que continuam a ganhar terreno. Este ano todas as mulheres vão falar sobre o formato triangular, que é uma escolha sempre segura devido à valorização das curvas femininas e ao facto de proporcionar a típica marca de bronzeado fina e sensual.

Nos últimos anos, este corte tem sido alvo de técnicas distintas, como o upside down. Ou seja, pode usar a parte de cima do biquíni de “cabeça para baixo” significa que os triângulos ficam colocados mais de lado, criando um efeito lifting instantâneo. Para quem tem uma copa menor, permite ampliar o decote e revelar mais pele.

Carregue na galeria para descobrir os primeiros biquínis escolhidos pelas celebridades no arranque da época balnear de 2024.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT