Moda

Destralha: vem aí um mercado cheio de roupa bonita em segunda mão

Vai acontecer no atelier hALL, em Lisboa, no próximo sábado, 12 de setembro. A entrada é livre.
Há roupa, calçado e acessórios.

No próximo sábado, 12 de setembro, Lisboa vai receber a primeira edição do Destralha, um evento de roupa, calçado e acessórios em segunda mão, com uma seleção de peças bonitas, em bom estado e a preços acessíveis.

Diana Marques, de 25 anos, explica à NiT que a ideia para o Destralha veio no seguimento de um evento que organizou no seu atelier em que o valor total das peças vendidas foi doado à APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. “Juntei três figuras públicas que doaram todas as peças e que me ajudaram a divulgar esta iniciativa”, conta. Sofia Ribeiro, Alice Trewinnard e Patrícia Carvalho foram as convidadas.

Desta vez, juntou-se a uma amiga, Carolina, para “destralharem” os seus roupeiros e selecionarem as peças que já não lhes faziam falta, que vão estar agora à venda, “conscientes do desperdício que existe na indústria da moda” e para incentivar a rotatividade da roupa a que não dão uso.

O Destralha vai acontecer entre as 11 e as 20 horas no hALL, o atelier de Diana, que fica no número 5A da Rua Ferreira Chaves, em Campolide. A entrada é livre e os clientes são incentivados a levar os seus próprios sacos, podendo fazer os pagamentos por numerário ou MBWay. O uso de máscara é obrigatório.

“Investi em janeiro no atelier. É um workspace criativo e um espaço onde acontecem diferentes eventos, workshops e exposições, entre outras coisas”, conta Diana. “Funciona como cowork e temos pessoas a trabalhar em cerâmica, produções fotográficas, pintores e designers”. No entanto, o hALL também pode ser alugado por privados que precisem de um espaço para um open day ou um evento específico.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT