Moda

Entrudo: a nova marca de sapatos em pele inspirada nos Caretos

A mãe desafiou a filha e, juntas, pediram ajuda ao pai. Além de calçado, já lançaram uma carteira.

Os chinelos estão na moda, senhoras.

Felgueiras, janeiro de 2017. Maria Duarte estava atenta ao mundo da Neurofisiologia — área em que se está a especializar na faculdade —, quando a mãe lhe confessou que tinha saudades de trabalhar em moda. Depois de ter estado muitos anos numa fábrica de malhas (e de ter tirado, inclusive, um curso de estilismo), estava há oito à frente de uma loja de informática.

Mesmo sem experiência na área, Maria entendeu aquela conversa como um desafio. “Sempre gostei de moda, mas nunca tive jeito. No entanto, desenrasco-me na parte do marketing, gestão e redes sociais. Por que não juntar tudo isso e criar uma marca familiar?”, conta à NiT.

Foi assim o ponto de partida para a nova marca portuguesa de sapatos em pele, a Entrudo. Foram quatro meses de preparação. Susana começou por desenhar os modelos e Maria ajudava com algumas dicas. Para fazerem um trio perfeito, chamaram o pai Jorge, que sempre trabalhou na modelação de calçado. 

A inspiração, foram buscá-la aos famosos Caretos de Podence, as figuras enigmáticas do Carnaval transmontano. “Não costumamos ir lá, mas gostamos deles e do facto de vestirem máscaras feitas com produtos naturais como a ráfia e, por outro lado, os chocalhos”, explica.

São esses materiais que, conjuntamente com a pele verdadeira, são usados na primeira coleção da Entrudo, feita numa fábrica em Felgueiras. Ao todo há seis modelos de calçado: os Podence (com salto de cunha e franjas, a 139€); os Baçal (de corda com berloques, a 119€); os Cambres (uns slides com palha, a 139€); os Salsas (umas sandálias rasas, a 129€); os Lazarim (sandálias com salto e franjas, a 149€); e os Lalim (chinelos fechado com flores, a 139€). Além disso, há uma carteira em madeira com alça em pele, a Onor, a 79€.

Por enquanto, a marca só está à venda no Facebook. “Estamos no início e queremos ir com calma para perceber a aceitação”, conta à NiT. No entanto, Maria e Susana já pensam numa coleção para o inverno. “Ao acontecer, terá também os Caretos como inspiração, claro”.

Carregue na imagem para ficar a conhecer melhor a Entrudo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT