Moda

Esta conta de Instagram é uma verdadeira inspiração de street style

Mostra tudo de bom que há na moda em Madrid, sem poses nem figuras públicas. Em menos de um mês tem mais de 11 mil seguidores.
Vale a pena espreitar

Há dias em que simplesmente não sabemos o que vestir. Olhamos para o armário e parece que ele nos encara de volta sem dar qualquer resposta. As peças são as mesmas de sempre e já fizemos todas as combinações possíveis. Em busca de alguma inspiração, abrimos as redes sociais. Em vão. As fotografias que nos passam pelo feed parecem todas saídas de editoriais de alta costura, com modelos perfeitas em poses incómodas e numa realidade muito distante do normal dia a dia.

Foi precisamente isto que levou duas amigas espanholas a criar a página Madrilenians in Madrid, uma página de Instagram onde é possível descobrir looks citadinos e retirar inspiração de mulheres — e homens também — comuns, daquelas que passam por nós na rua. O sucesso está a ser tão grande que em menos de um mês já tem mais de 11,6 mil seguidores.

Por trás deste projeto estão então Isabel Hernáez, de 25 anos, relações públicas e responsável de estilismo da Scalpers Woman, e Mayte Salido, de 24 anos, jornalista de moda na página online da Vogue Espanha. Cansadas da falta de naturalidade das redes sociais, decidiram avançar com uma página própria.

“Numa época em que as redes sociais cada vez mostram uma realidade mais distorcida, vimos que havia uma necessidade de um conteúdo mais autêntico e espontâneo no Instagram. Estávamos cansadas de ver fotografias demasiado posadas e pensadas. As duas gostamos de moda e acreditámos que fazia falta criar uma conta de looks reais que desse voz às madrilenas e servisse de inspiração”, contam à NiT.

Foi então que olharam para o street style e perceberam que ultimamente só são fotografadas as celebridades e que se perdeu a essência inspiradora e espontânea do que é o estilo mais real do dia a dia, algo que quiseram recuperar. Assim, vão pela rua e fotografam os looks de que mais gostam, sempre tendo o cuidado de manter a privacidade dos fotografados. E até já há seguidores que enviam também imagens das pessoas mais bem vestidas que veem por Madrid. Depois de uma seleção, juntam-se às outras fotografias da página.

Aqui não há certo nem errado, não há tendências nem estilos fora de moda. Há, sobretudo, bom gosto.

“Não procuramos um estilo concreto nem que se cumpra com as tendências à risca. Procuramos naturalidade, diversidade, estilo em qualquer idade e em qualquer momento do dia.”

Numa altura em que se veem tantas fotografias demasiado artificiais e quase encenadas nas redes sociais, um projeto simples como este podia não ter tido sucesso, mas não foi o que aconteceu. Desde o início a dupla de apaixonadas por moda acreditou que um projeto sério como este podia mesmo funcionar porque era algo que sentiam que os utilizadores procuravam.

“Acreditamos que os utilizadores estão um pouco cansados dessas imagens posadas e, de certo modo, essas fotografias de estilos demasiado pensados e artificiais estão a perder a credibilidade. Vimos que o Instagram precisava de um sopro de ar fresco, de naturalidade. Então decidimos mostrar a essência do estilo madrileno de uma forma autêntica, com fotografias casuais aos cidadãos no seu dia a dia.”

Ainda assim, não imaginavam que a aceitação fosse tão boa e em tão pouco tempo: “Foi tudo muito rápido”.

No fundo, o que encontramos na página Madrilenians in Madrid é um estilo simples e clássico “mas que esconde algumas tendências como sapatilhas mais ousadas e carteiras chamativas”.

Então, qual é o estilo das madrilenas? A maioria dos looks distingue-se pela “praticidade e conforto, mas com um toque elegante e um certo ar cool”. Ainda assim — ou por isso mesmo — não os alteravam em nada: “Consideramos que são looks muito equilibrados, são perfeitos para ir trabalhar ou estudar ao mesmo tempo que são impecáveis para um plano improvisado”.

Com tão bom gosto e busca pelo equilíbrio não podíamos deixar de pedir um conselho para as mulheres portuguesas. A resposta é simples e diz que “vale tudo” neste campo da moda.

“Não sintam que têm de seguir uma moda concreta ou as últimas tendências. Vistam-se como vos apetecer.”

Portanto, não vale a pena querer copiar o estilo que vemos em cidades como Paris, Londres, Milão ou Nova Iorque nem imitar o que vemos em filmes e séries. O importante é estar confortável com o nosso estilo e com aquilo que nos apetece vestir no momento.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT