Moda

Facebook acaba com funcionalidade de diretos para vendedores

A empresa anunciou que vai mudar a forma como a funcionalidade é usada. Alteração entra em vigor este sábado, 1 de outubro.
Era bom,mas acabou-se

Durante os últimos dois anos, as vendas online e em direto através do Facebook multiplicaram-se. Com os sucessivos encerramentos provocados pela pandemia e uma explosão nas compras online, muitas lojas optaram pela venda direta na rede social.

Agora, o Facebook decidiu que a funcionalidade iria ser encerrada. Numa publicação partilhada no blogue oficial da rede social, explica-se que as páginas continuarão a poder transmitir eventos em direto.

Contudo, esses eventos não poderão incorporar outras funcionalidades, como as listas de produtos e muito menos fazer tag a produtos diretamente no direto. “À medida que os hábitos de visualização dos consumidores se vão moldado aos vídeos de formato curto, estamos também a mudar o nosso foco para a funcionalidade Reels no Facebook e no Instagram”, explica a empresa.

“Se pretendem alcançar e promover interação com pessoas através de vídeo, experimentem o Reels e os anúncios Reels”, avisam. “Poderão fazer tag nos produtos no Instagram.”

A funcionalidade de venda em direto foi lançada pelo Facebook em 2018 e mostrou-se muito popular no período de pandemia, onde foi usada por lojistas, feirantes e outras marcas, como forma de chegar mais facilmente aos clientes.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT