Moda

Festival de Cannes: os looks dramáticos, as grandes surpresas e os maiores desastres

Naomi Campbell, Meryl Streep e Heidi Klum foram alguns dos nomes que brilharam nesta 77.ª edição do festival de cinema.
Os desfiles já arrancaram.

Entre os dias 14 e 25 de maio, a Riviera Francesa vai estar em ebulição graças à 77.ª edição do icónico Festival de Cannes. Durante duas semanas, vão ser exibidos os grandes filmes do ano e serão prestadas homenagens aos maiores nomes do cinema. E, como é habitual, acontecem os desfiles de estrelas na passadeira vermelha que centram a atenção de todos os fotógrafos.

Antes da exibição do primeiro filme do festival, “Le Deuxième Act” de Quentin Dupieux, os primeiros visuais foram marcados por escolhas dramáticas. Em destaque estiveram as saias amplas e volumosas, muitas delas com caudas. Na parte de cima a tendência foram os corpetes justos e brilhantes que contrastam com o peso em baixo.

A paleta de cores foi marcada por vários tons de preto, ora em tecidos mate, ora com centenas de lantejoulas a adornar. O vermelho também foi uma das cores preferidas das celebridades e não faltaram uns quantos coordenados brancos ou prateados.

A supermodelo Naomi Capbell surgiu com um vestido que usou, originalmente, usou uma peça que vestiu originalmente para o desfile haute couture da Chanel para o outono-inverno 1996. A peça sensual prolonga-se até ao chão e conta com um corpete cheio lantejoulas pretas, sustentado por alças com fios de pérolas que caem sobre os ombros.

Com o styling de Law Roach, a estrela ofereceu uma versão ainda mais glamorosa do look, com uma saia sereia com pailetes pretas, que alternam com riscas de tule preto transparente. Só trocou o cabelo curto que usava pelos caracóis volumosos que descem pelas costas.

Vencedora da Palma de Ouro honorária do festival, Meryl Streep emocionou o público com o seu discurso. Para um momento tão importante, usou um vestido branco de seda com assinatura da Dior, marcado por detalhes simples e intemporais, como o corte cruzado na cintura com pormenores drapeados.

De Heidi Klum, que apostou num modelo volumoso da designer libanesa, Saiid Kobeisy, ao vestido cintilante em tons de bordô de Greta Gerwig, que preside o júri deste ano em Cannes, as propostas foram das mais elaboradas a umas poucas escolhas contidas. E até nessas houve muita atenção aos detalhes.

Carregue na galeria para ver os looks mais marcantes dos primeiros dias do Festival de Cannes.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT