Moda

Flores e transparências. Bárbara Tinoco supreende com vestido ousado e romântico

A cantora usou uma peça com assinatura Donna Noir, a marca criada por Margarida Gonçalves durante a pandemia.
(Foto: @fabioteixeiraphoto)

A cantora de 25 anos chegou aos GQ Men of The Year Awards com um objetivo: conquistar um prémio. E foi isso que fez. Mas pelo caminho, captou todas as atenções com um vestido inusitado.

Tinoco, que venceu na categoria de Música da gala que decorreu este sábado, 25 de novembro, surgiu no evento com um vestido floral, onde o colorido se combinava com o verde da folhagem. “Um jardim floral” personalizado da etiqueta nacional Donna Noir.

O vestido ousado, sem ombros, foi alvo de todos os comentários e elogios. “Fazer música foi sempre o meu único sonho desde que me lembro de ser gente. Às vezes, se pensar muito a fundo nisso, parece que nem é real tudo isto”, escreveu a artista na publicação que fez no Instagram.

A criação tem assinatura de Margarida Gonçalves, a portuguesa que em 2020 criou a Donna Noir. A marca de moda criada durante a pandemia e que aposta numa estética avant-garde. A designer já havia trabalhado com a artista de 24 anos, quando desenhou os figurinos usados pela cantora e Catarina Deslandes na atuação da dupla nas últimas edições do NOS Alive e do MEO Marés Vivas.

Leia também a entrevista da NiT a Bárbara Tinoco a propósito do concerto que deu no Rock in Rio Lisboa, em 2022.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Bárbara Tinoco (@tinoco.barbara)

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT