Moda

Há quem as ame e quem as odeie: as sandálias de pescador tornaram-se sinónimo de estilo

Outrora associadas aos pés dos miúdos, o modelo que muitos rejeitam é tendência. Vão ser muito desejadas esta estação.
Vai convencer os mais resistentes.

Durante algum tempo, o mundo pensou que os bucket hats — ou chapéus de pescador — seriam o único acessório do mundo piscatório a voltar à crista da onda das tendências. Ora bem, a obsessão da indústria por esta temática decidiu continuar a explorar modas que nos fazem revirar os olhos e, de alguma forma, torná-las cool. Desta vez, foi a vez das sandálias de pescador se tornarem o hit do momento.

As variações deste tipo de sapatos propositadamente feios tornaram-se objetos de desejo graças a lançamentos inusitados de várias etiquetas. A Yeezy, de Kanye West, e as propostas questionáveis da Balenciaga são dois exemplos de modelos que poucos apreciam e ainda menos usam, mas não deixam de dar que falar. Algo que coloca as sandálias de pescador em vantagem em relação a estas criações é o facto de, apesar de divisivas, serem usáveis sem que quem as use caia no ridículo. Prova disso é o facto de estarem a tomar conta dos feeds das redes sociais — e não como piada.

Práticas, utilitárias e muito versáteis, este tipo de sandálias ainda são associadas por muitas pessoas ao tipo de calçado que usavam quando eram miúdos. Foram um modelo muito popular entre os mais novos que entretanto caiu em desuso. No entanto, a sua popularidade está a chegar a uma nova geração, com uma massificação deste género de sapatos para adultos. E, agora, com um visual híbrido bem distinto.

Por um lado, captam a essência das sandálias jelly, ou seja, aquelas sandálias plásticas de que muitos se lembram de calçar. Por outro lado, devido à sola grossa, podem também ser comparadas a um par de gladiadoras (outro modelo deste tipo de sapatos também bastante divisivo). O nome, porém, não faz referência a nenhum destes exemplos: é uma alusão óbvia ao calçado usado por quem se dedicada às artes da pesca.

O facto destes modelos conseguirem um equilíbrio entre serem arejados, mas com cobertura suficiente dos pés parece ser o motivo do sucesso. Funciona, portanto, tanto em looks para dias mais quentes como mais frescos, podendo ser utilizados em mais do que uma estação. Para além de serem confortáveis, também são extremamente fáceis de combinar. Com um vestido, uma saia, umas calças de ganga ou uns calções, parece que não há outfit em que as sandálias estilo pescador não se enquadrem. E os mais indecisos agradecem.

Estão a tornar-se muito sofisticadas.

Poderá encontrar estes modelos todas as lojas de fast fashion e foram, inclusive, novamente adotadas por marcas de luxo. Alguns dos exemplos são a Marni e a The Row, sendo que este último exemplo lançou um modelo que capta o minimalismo e o requinte da insígnia das irmãs Olsen, as sandálias Gaia 2. Ao contrário de muitos ressurgimentos que levam muitas mulheres a gritar de terror, esta tendência não é tão polémica. Por isso mesmo, as opções dentro deste estilo continuam a aumentar.

Carregue na galeria para alguns modelos de sandálias de pescador que a poderão levar a aderir a esta tendência.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT