Moda

Lila Grace: a filha misteriosa de Kate Moss começou a seguir as pisadas da mãe

Aos 18 anos, a modelo entrou pela porta da frente na Semana da Moda de Paris, mas pouco se sabe sobre ela.
É filha de Jefferson Hack.

Não deve ser fácil seguir as pisadas de Kate Moss. Afinal de contas, a top model britânica mais cool dos anos 90 marcou uma geração inteira, foi a segunda mulher mais bem paga da indústria — apenas atrás de Gisele Bündchen — e carimbou o estilo “heroin chic” com o seu corpo demasiado magro, pele pálida e estrutura angulosa, que pretendiam chocar e contrariar o aspeto saudável das supermodelos que preenchiam as capas de revistas da época, como Cindy Crawford e Claudia Schiffer.

Moss foi capa da revista “Vogue” mais de 30 vezes em 25 anos de carreira, mas o seu estilo de vida louco valeu-lhe também muitas capas nos tablóides. Consumia drogas, saía de festas de famosos embriagada e tinha uma queda por rockstars e homens influentes nos mundos da música e da moda, entre eles Jefferson Hack, co-fundador da revista de moda britânica “Dazed & Confused” e pai da sua única filha, Lila Grace Moss Hack.

Aos 18 anos, Lila Grace começou a sua carreira como modelo pela porta da frente. A primeira vez que pisou uma passerelle foi a 6 de outubro deste ano — e começou logo na Semana de Moda de Paris, para a apresentação da coleção de primavera/verão 2021 da Miu Miu. Agora, toda a gente quer saber quem é a miúda nascida num berço de ouro que quer traçar o próprio caminho.

A relação entre Kate Moss e Jefferson Hack começou em 1999 durante uma entrevista para a “Dazed & Confused” e durou apenas quatro anos. A modelo tinha 27 anos quando a filha nasceu, a 29 de setembro de 2002. Com 14 anos, Lila Grace conseguiu o seu primeiro trabalho como modelo, exatamente na mesma idade que a mãe tinha quando começou a sua carreira.

moss
Kate e Lila aparecem muitas vezes juntas.

De Kate herdou os olhos verdes, a pele brilhante, os cabelos loiros e um corpo esguio e elegante, mas parece ter deixado todo o mediatismo de lado. De forma discreta, conquistou o seu espaço na indústria e a primeira grande oportunidade veio em 2018, quando Marc Jacobs a convidou para ser a cara da sua linha de beleza em 2018. No mesmo ano, foi capa da “Dazed & Confused” e conseguiu mais tarde a campanha de 2020 para a Miu Miu, seguindo-se o desfile da Semana da Moda de Paris.

Seguindo as pisadas dos pais, a misteriosa Lila interessa-se por estilo e por peças de designers de luxo, que usa com naturalidade, sentada nas primeiras filas dos desfiles de moda. As opções mais ousadas de glitter e lantejoulas douradas são quebradas por vezes por uma estética irreverente a fazer lembrar a mãe, com casacos de cabedal, calças de ganga e a pele exposta que tornou a Moss original tão famosa nos anos 90.

Kate Moss nunca teve medo de arriscar: em 1993 entrou na after party Elite Look of the Year com um vestido transparente e metalizado que foi imortalizado em milhares de fotografias dos paparazzi. Essas escolhas audazes parecem ter inspirado na filha uma confiança que já lhe estar a valer o título de fashion icon da Geração Z.

Os miúdos ainda olham para as estrelas dos anos 90 para se inspirarem — Zendaya, Rowan Blanchard e Billie Eilish também estão nessa lista — mas valorizam o individualismo acima de tudo o resto. Lila tem acesso a um dos melhores arquivos de todos os tempos, mas aquilo que mostra é que quer fazê-lo à sua maneira.

No Instagram, as suas modestas 35 publicações são uma minúscula percentagem daquilo que as maiores influencers do mundo precisam de partilhar para conseguirem algo próximo dos 109 mil seguidores que acumulou sem grande esforço. Por lá, mostra pouco da sua vida pessoal e mantém uma imagem low profile e de boa menina que se afasta muito da que a mãe cultivava (ainda que sem intenção) com a mesma idade, a de party girl em constante espiral.

As poucas aparições de Lila tendem a ser feitas ao lado de Kate, a passear pela rua, a tomar café juntas ou em eventos de moda, sempre com um estilo descontraído de uma miúda normal, mesmo que tudo no seu contexto represente precisamente o contrário.

moss
Na campanha de Marc Jacobs, à esquerda, e no desfile da Miu Miu, à direita.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT