Moda

Linda Wright: a mulher de 73 anos com o melhor estilo parisiense de sempre

Mudou-se para Paris em 1978, graças a um desejo de conhecer novas realidades. Tem agora uma marca de luxo e um estilo invejável.
Tem 73 anos, mas o estilo é eterno.

A idade é apenas um número. Os anos passam e a verdade é que esta frase tão cliché está paulatinamente a deixar de ser um lugar comum. As pessoas mais velhas vão cada vez mais ao ginásio e correm maratonas, e outras mostram que permanecem verdadeiros ícones da moda. Linda Wright adequa-se perfeitamente nesta última situação.

Nasceu no Texas em 1948. E 73 anos depois, ainda olha para as três décadas que lá viveu com muito carinho. “A minha mente viaja diariamente para as planícies repletas de cactos e poeira no oeste do Texas”, lê-se numa passagem do seu blogue.

No verão de 1978 a sua vida mudou completamente. Sem pensar duas vezes, embarcou num avião para Paris, naquilo que chamou de um momento de “pura curiosidade quanto a diferentes formas de viver.” Adotou a cidade francesa como sendo sua, embora metade do seu coração ainda permanecesse nos Estados Unidos. A estadia estava inicialmente para durar três meses — que acabaram por se transformar em 43 anos. “A relação amorosa [com Paris] continua… apenas durou um pouco mais de tempo”, acrescenta.

Em 2004, Linda Wright, na altura com 56 anos, subiu ao cargo de diretora da Crimson Casmere, uma marca de luxo nascida em 1984 e situada num dos bairros mais prestigiados da capital francesa, o Triangle D’Or. “Quando Linda Wright assumiu as rédeas da insígnia, em 2004, adicionou uma nova dimensão à qualidade de renome da marca, ajustando os detalhes e tamanhos para irem ao encontro aos seus clientes exigentes. O resultado é uma coleção concisa de peças modernas e sofisticadas para homens e mulheres perspicazes”, explica a etiqueta.

São estes dois adjetivos que descrevem perfeitamente o estilo de Wright, ao qual temos mesmo de acrescentar mais um: parisiense. Em poucos anos, a mulher de 73 anos tornou-se num ícone para onde todos os olhos se viram assim que sai à rua — e é a guru ideal para quem quer alcançar o charme do chic parisien.

Este look típico de Paris não é criado apenas através das roupas, mas também inclui uma grande dose de confiança em relação ao que se veste. “Na minha opinião, a mulher francesa tem uma atitude que vai para além do seu sentido de estilo. Todos podemos concordar que uma mulher confiante, quer esteja a usar jeans e uma T-shirt com botas ou um perfeito vestido preto com pérolas enquanto desfila com uma [carteira] Birkin, Kelly ou Chanel, tem uma personalidade intrigante. Essa mulher emana, automaticamente, estilo. Isto é universal”, conta à “Who What Wear”.

Os seus visuais são caracterizados pelos quentíssimos cachecóis, que são sempre conjugados de maneira única e inesperada. No verão, opta por roupas chiques e arejadas.

Tons neutros, cortes de qualidade e uma grande aposta em acessórios são a chave para todas as mulheres que pretendem alcançar um estilo parisiense minimalista mas que, mesmo assim, não se torna aborrecido.

Ao longo dos anos, a sua relação com a moda mudou, mas isso não é propriamente uma coisa má. “A minha experiência pessoal é que à medida que envelheço algumas cores perdem o seu charme e outras parece que ganham uma nova vida”, confessa.

O facto de ter 73 anos não a impede de se manter na vanguarda das tendências — e de ser uma verdadeira influencer. No Instagram, onde partilha todos os seus outfits (mostrando que também não tem medo de uma boa dose de cores arrojadas), conta com 148 mil seguidores.

As inspirações surgem de ambos os mundos onde vivemos atualmente: o real o virtual. “Sou subscritora de mais revistas de moda digitais do que me atrevo a admitir. Os blogues e o Instagram dão-me várias imagens que mantêm a minha mente e imaginação bastante ativas.” Por outro lado, também toma notas dos transeuntes que passam por si nas ruas.

“Qual é o meu conselho para ter estilo? Sigam o vosso coração. O resto não importa”, afirma. Caso isto pareça bastante abstrato, basta ir ao seu perfil para se sentir imediatamente inspirada.

Wright também adora casacos quentes e de bom corte. Carregue na galeria para descobrir algumas sugestões da NiT que correspondem a estes requisitos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT