Moda

Morreu Issey Miyake aos 84 anos: um dos maiores designers de sempre

O genial criador travava uma luta contra o cancro no fígado há vários meses. Era o designer favorito de Steve Jobs.
Construiu um império.

O criativo japonês Issey Miyake morreu na sexta-feira, dia 5 de agosto, vítima de cancro do fígado, avança a agência de notícias “Kyodo”. O criador que inspirou várias gerações de designers e estilistas tinha 84 anos. Antes de morrer, pediu para que não fossem realizadas quaisquer cerimónias fúnebres.

Issey Miyake tornou-se um dos nomes incontornáveis da moda não apenas no Japão, mas em todo o mundo. Ficou conhecido por produzir a camisola de gola alta que se tornou uma das peças do look assinatura de Steve Jobs. O fundador da Apple era amigo próximo do estilista. Aliás, o design disruptivo dos produtos da Apple foi inspirado precisamente na simplicidade e minimalismo do criativo.

Miyake fez parte de um grupo seleto de designers japoneses que, com uma visão disruptiva, se estrearam em Paris nos anos 80 e romperam com o panorama de moda ocidental. Na altura, contrariou a tendência da alta-costura parisiense através do foco em roupas confortáveis de alta tecnologia.

Nascido em 1938, em Hiroshima, no Japão, o criativo tinha sete anos quando a bomba atómica foi lançada sobre a sua terra natal em agosto de 1945. Optou por deixar as memórias infelizes para trás, focando-se na beleza que encontrava na produção de moda.

Fundou o atelier Miyake Design Studio, em 1970, e acabou por abrir a sua primeira loja em Paris alguns anos mais tarde. Não ficou conhecido como “o designer que sobreviveu à bomba atómica”, exatamente o que não queria que acontecesse. O seu nome ficou  associado à sua mestria no design e a sua técnica de plissagem passou a fazer parte da história da moda.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT