Moda

Ninguém se esqueceu das calças: os boxers são a tendência mais polémica do momento

As mulheres apropriaram-se da roupa interior masculina e levaram-na para a rua. Há formas práticas de a conjugar.
É, no mínimo, bizarro.

Sempre que podem, muitas mulheres organizam assaltos ao guarda-roupa dos namorados para tirar uma ou duas peças. Algumas ficam com as camisas que usam como uma blusa oversized ou transformam num vestido, enquanto outras preferem os hoodies dois tamanhos acima. E, no fundo, têm esperança de que eles nunca mais se lembrem delas.

O que nunca imaginámos é que a troca chegaria à roupa interior. Este verão, os boxers — num padrão de riscas, especificamente— entraram no zeitgeist da moda e substituíram os calções convencionais. Elásticos, pelas coxas e feitos em linho ou algodão, levantam a questão: como é que é suposto usá-los?

Outras iterações de roupa interior como peças para usar na rua têm explodido nos últimos anos, com celebridades a usarem a lingerie exposta por baixo de blazers, os vestidos que se assemelham a camisas de dormir ou até o movimento “sem calças” — sair de casa com meias pretas a cobrir as pernas e pouco mais.

O fenómeno também foi visto nas passarelas, com a Miu Miu a apresentar os seus boxers acima da cintura, nas coleções de primavera/verão de 2023 e de 2024. Seguiram-se marcas como a Versace, a Prada ou a Alexander Wang, que influenciaram nomes como Anya Taylor-Joy, Janelle Monáe, Blake Lively e Demi Moore.

Nos desfiles da Versace, Alexander Wang e Prada.

Apesar do regresso, o estilo está longe de ser uma nova descoberta. A popularidade começou nos 80, graças a um anúncio da Levi’s que impulsionou as vendas dos modelos elástico, dando uma nova roupagem à roupa de interior descontraída. E várias marcas criaram calções de algodão semelhantes.

Hoje em dia, esta tendência ganhou vida própria. Os calções Woven London Striped, da marca japonesa Uniqlo, esgotaram em quase todos os tamanhos, após se tornarem virais no TikTok, adiantou a “Refinery29”. O stock já foi reposto online, mas o hype da proposta de 7,80€ continua aceso.

Tal como as versões mais fluidas dos calções, os boxers não têm botões incómodos, fechos de correr ou um cós apertado. A aposta acaba por ser mais confortável do que a atual oferta de roupa casual para mulher, como os calções de ganga ou os calções de treino. É uma espécie de encontro entre o pijama e a moda.

Afinal, como é que os podemos usar?

Se gosta de arriscar, vai querer ter estas dicas em mente. Para não serem confundidos com pijamas, é importante escolher modelos elegantes e que possa combinar com blusas a condizer, por exemplo. Uma das conjugações mais popular é um conjunto de duas peças.

Para muitas influencers, estas peças são a resposta ao fato tradicional para os dias quentes. Há quem os combine com camisas brancas, blazers pretos e sapatos de salto alto, criando um visual que, graças ao styling, seria um conjunto facilmente perdoado na maioria dos escritórios.

É assim que as influencers os usam.

Outras adotam uma abordagem mais descontraída. Os boxers podem ser combinados com camisolas oversized, sapatilhas e meias brancas, aproveitando o conforto, uma das principais vantagens deste estilo.

Se sente que está a sair de casa apenas com roupa interior, há formas de elevar o coordenado final. Camisolas com folhos, camisas de seda, blusas com detalhes girly são sempre complementos que fazem com que a parte de baixo pareça uma peça de roupa feminina intencional.

Os boxers podem ser combinados de forma elegante com saltos altos, sandálias ou sapatos. As opções sólidas de tecidos leves podem ser extremamente versáteis, mas os padrões também são uma opção. As cores mais vivas dão um toque arrojado à respirabilidade e conforto de um dos fenómenos mais bizarros dos últimos anos.

Carregue na galeria para descobrir uma seleção de boxer shorts que estão à venda.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT