Moda

O deslumbrante vestido que fez Ali Wong voar nos SAG Awards

A atriz usou um modelo ousado, extravagante e inesperado de Iris van Herpen. O look foi um dos favoritos da noite.

A 30.ª cerimónia de entrega dos SAG (Screen Actors Guild) Awards teve lugar este sábado, 24 de fevereiro. Porém, antes da entrega das estatuetas, já o Shrine Auditorium, em Los Angeles, nos Estados Unidos, se enchia de brilho, cor e extravagância no desfile de estrelas pela passadeira vermelha. 

Regra geral: os convidados das grandes premiações acabam por seguir o estilo associado ao evento. Algumas red carpets pedem pela aposta na ousadia máxima, outras regem-se por uma sofisticação que poucos conseguem cumprir. Porém, à medida que os looks apareciam, percebeu-se que a noite não ficaria marcada por uma tendência específica. Cada um dos convidados optou por escolher um estilo pessoal, pelo que houve escolhas deslumbrantes e algumas ideias mais desastrosas.

No meio deste catálogo misto encontrámos sensualidade, muitas rendas, plumas e bainhas subidas. Naomi Watts, Rebecca Hall, Karen Pittman e Taraji P. Henson, por exemplo, espalharam charme com o tom que (quase) nunca falha: o preto. 

Se, no início, o compassado foi marcado pelos vestidos escuros e clássicos, o mote acabou por dar lugar a opções mais extravagantes. Ali Wong apareceu com um dos desenhos mais deslumbrantes da noite: um vestido Iris van Herpen, com mosaicos floridos, em preto e branco, que lhe subiam até ao pescoço, sobre um tule transparente.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Iris van Herpen Official (@irisvanherpen)

Mas o grande destaque foi o conjunto de asas, fixadas nas mangas, de onde surgiam pétalas rendadas, com um formato mais geométrico. O modelo, da coleção passada de Iris van Herpen, criava um movimento dramático sempre que a atriz se mexia e a silhueta transformava-se, consoante o ângulo. Foi, sem dúvida, uma das protagonistas da edição. 

No final, a atriz acabou por tirar as asas, para apresentar um elegante vestido preto e branco, repleto de cristais, relevos e mosaicos.

Na passadeira vermelha não faltaram ainda as típicas apostas seguras, que não chegam para impressionar. Foi o caso de Emma Stone. A atriz que está na corrida para o Óscar de Melhor Atriz, com o filme “Pobres Criaturas”, escolheu um tímido Louis Vuitton prateado, com reflexos lilás, que não a fez destacar entre as demais. 

Carregue na galeria para conhecer as escolhas mais marcantes da passadeira vermelha dos SAG Awards — pelos melhores e piores motivos. Veja também a lista completa de vencedores da cerimónia.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT