Moda

O documentário sobre a influencer que trocou o Brasil por Portugal chegou à NiTtv

O primeiro episódio de "dy" estreia esta sexta-feira, e explora as origens de Dy Myrian, a caminho das maiores semanas da moda na Europa.

De uma família de origens modestas até às mais prestigiadas semanas de moda da Europa. Dy Myrian é hoje uma uma influencer por direito, com mais de 300 mil seguidores nas redes sociais. É também ela a figura principal do documentário da NiTtv.

“dy” acompanha a influencer brasileira que mora em Portugal ao longo de três episódios, nos quais a jovem de 28 anos revisita as suas origens, as lutas e a conquista do sonho da moda. E por falar em moda, será até a partir dos bastidores dos maiores eventos de Milão e Paris que Dy nos leva numa viagem entre peças únicas, vistas deslumbrantes e muitos, muitos looks distintos.

O primeiro episódio estreia esta sexta-feira, 1 de dezembro, na NiTtv. Os restantes capítulos serão lançados nas duas semanas seguintes, sempre à sexta-feira.

Nesta parte inicial, Dyanne revisita a infância em Pernambuco, o ambiente familiar e a história da máquina fotográfica oferecida pelo pai — e que acabaria por lhe mudar a vida. Dos primeiros empregos, ao marketing e à chegada a Portugal, será um mergulho completo na vida da influencer que já brilhou, por exemplo, na capa da revista “Elle” da Arábia Saudita.

Este será também o ponto de partida para duas viagens imperdíveis até às semanas da moda em Milão e Paris, entre malas, roupas e muitos glamour.

O percurso de Dy Myrian

Pode-se dizer que tudo começou realmente quando o pai de Dy lhe ofereceu a tal máquina fotográfica quando era criança. Das poses ao espelho, às revistas de moda empilhadas no quarto, a brasileira sonhava ser como as supermodelos. “Sempre gostei de tirar fotografias”, explicava à NiT em 2022. Os primeiros trabalhos como modelo surgiram aos 15 anos, em pequenas campanhas fotográficas e alguns anúncios televisivos.

Perante a relutância da família, acabou por se matricular e concluir um curso de Marketing. Aos poucos, começou a entrar na área da organização de eventos — um trabalho que a levaria até outros países, um deles Portugal. Aliás, foi precisamente uma aterragem inesperada em Lisboa, em 2017, para a organização de um evento, que lhe mudaria a vida.

A duas semanas do regresso, conheceu o empresário António Trincheiras, o português que a haveria de convencer a ficar. E que hoje é o seu marido.

Dy começou então a trabalhar no mercado imobiliário de luxo e entre viagens pelo mundo e outfits criativos, ia fotografando locais, roupas e eventos, que guardava só para si e para a família. Porém, aos poucos, começou a pensar que faria sentido investir também nas redes sociais e despertar a sua grande paixão da moda — que parecia meio adormecida.

Os seus maiores ícones são as compatriotas Gisele Bündchen e Camila Coelho. Dy gosta de descrever o seu estilo como “ousado e inovador”, mas sempre dentro do seu “universo romântico e clássico”. Hoje em dia participa nas festas privadas mais exclusivas da Dior ou da Louis Vuitton, e já acumula milhares de seguidores nas redes sociais.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT