Moda

O eterno vestido vermelho chegou à Springfield a preço de saldo

Julia Roberts, Jessica Rabbit (claro) e Marilyn Monroe são algumas das estrelas de Hollywood que tornaram esta peça histórica.
Nunca sairá de moda.

Nos dias que decorrem, o cinema é influenciado pela moda, e a moda também vai atrás do cinema. Após o lançamento de um projeto de sucesso, as diferentes marcas apressam-se a criar colaborações com T-shirts gráficas dos grandes êxitos pop daquele momento. E é quase impossível criar um bom filme sem um guarda-roupa ainda melhor. Mesmo quando as peças não são as mais bonitas visualmente, acabam por transmitir uma mensagem.

É o caso do vermelho, uma das cores que mais encontramos no corpo de personagens icónicas. Julia Roberts surpreendeu toda a gente com este look em “Pretty Woman”, em 1990. Jessica Rabbit tornou-se num sex symbol inesperado em 1988. E uns anos antes, na década de 50, Audrey Hepburn e Marilyn Monroe levaram o seu estatuto de ícones mais além. O tempo separa-as, mas há algo que as aproxima: os ícones vestidos vermelhos.

O uso desta indumentária e a sua representação nas artes não são um exclusivo do século XX e XXI. Muito pelo contrário. Há mais de 500 anos já existiam registos de figuras sensuais que protagonizavam obras com uma peça encarnada.

Em 1437 o pintor e devoto cristão Jan van Eyck pintou Lucca Madonna, um quadro que representava a Virgem Maria a segurar Jesus nos seus braços. À volta do corpo da mãe de Cristo vê-se nada mais, nada menos, que um enorme manto vermelho, que representava uma conexão a Deus e à vida.

Springfield Vestido estilo skater vermelho

É um fenómeno incontornável da moda, da história e da cultura humana, e nas diferentes lojas não faltam propostas de vestidos encantadores. A Springfield é uma delas. Neste caso, tem uma silhueta bastante reta, exceto o decote em V — é moderado mas acrescenta-lhe uma certa irreverência. A parte de baixo da peça também tem um aspeto muito clássico, graças às ondas na bainha. Fica pouco acima dos joelhos, o que faz dele o vestido ideal para os dias quentes.

O seu design casual faz com que possa ser conjugado com sapatilhas e outro calçado mais descontraído, além, claro, dos tradicionais saltos altos. Normalmente, custa 65€. Graças à época de saldos está à venda 39€. É um exclusivo online, por isso apenas o vai encontrar no site da etiqueta espanhola.

Carregue na galeria e descubra alguns vestidos perfeitos para o verão.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT