Moda

O impossível vestido de Bella Hadid foi pintado na passerelle

A modelo de 25 anos surpreendeu durante o desfile da Coperni, na Semana da Moda de Paris.
Isto é incrível

Ninguém estava preparado para o que iria acontecer na passerelle quando, Bella Hadid, surgiu praticamente nua, rodeada de dois homens com duas pistolas de tinta. No espaço de segundos, foi criado um vestido com o qual a modelo desfilou.

Tudo aconteceu esta sexta-feira, 30 de setembro, durante o desfile da moderna Coperni, na Semana da Moda de Paris. A meio do espetáculo, Hadid largou as roupas e deixou-se à mercê da criatividade da marca.

Apenas com cuecas e um par de saltos altos, deixou-se pintar com uma camada de látex. Em poucos minutos, improvisou-se um vestido inusitado, antes de a modelo abandonar a passerelle.

A obra é, em parte, ideia de Manel Torres, que inventou esta espécie de tecido que pode ser pintado e que protagonizou também o maior momento do desfile. A manobra surpreendeu todas as pessoas que se deslocaram à Salle des Textiles at the Musée des Arts et Métiers.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by British Vogue (@britishvogue)

Tendo em conta as ideias loucas habitualmente desenvolvidas pela Coperni, não seria de estranhar que algo do género pudesse acontecer. Ainda este ano, os criadores surpreenderam toda a gente com a criação de uma carteira feita em vidro e passeada na red carpet por Doja Cat.

“Queremos dedicar este momento a [Manel] Torres, porque respeitamos imenso o que ele faz”, explicou Arnaud Vaillant, um dos fundadores da Coperni. “Para nós, era absolutamente necessário que ele liderasse a performance, o que torna toda a experiência ainda mais mágica.”

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT