Moda

“O Jardim do Tempo” é o tema principal da Met Gala de 2024

Bad Bunny, Chris Hemsworth, Jennifer Lopez, Zendaya e Anna Wintour vão ser os coanfitriões. Acontece a 6 de maio.
Vêm aí muitos looks icónicos.

A Met Gala é um dos momentos mais impactantes no mundo da moda. Nos degraus do Metropolitan Museum of Art, em Nova Iorque, nos EUA, inúmeras celebridades juntam-se na primeira segunda-feira de maio e posam com criações arrojadas, para a gala anual de angariação de fundos do museu. E a cada novo ano é subordinado a uma temática diferente.

 “The Garden of Time” (ou “O Jardim do Tempo”, em tradução livre) foi o tema escolhido para 2024. Bad Bunny, Chris Hemsworth, Jennifer Lopez, Zendaya e Anna Wintour vão ser os coanfitriões da passadeira vermelha, que está marcada para dia 6 de maio.

O mote é inspirado no conto homónimo do escritor JG Ballard, em 1962. Na obra, conta-se a história do conde Axel e da sua condessa, que viviam numa vivenda com um terraço com vista para um jardim de flores cristalinas, explica a “Vogue”. À medida que uma multidão zangada se aproxima da villa, o conde tem de colher uma flor que inverte o tempo.

A história termina com a multidão irrefletida a invadir a mansão, agora uma propriedade abandonada com um jardim negligenciado, onde uma estátua do Conde e da sua Condessa está enredada em beladona (um arbusto tóxico, com caule arroxeado, vulgarmente conhecido como Beladama).

Flores, natureza e veludo

Em termos práticos, o tema escolhido remete para figurinos com motivos florais em tons melancólicos, inspirados na fragilidade da natureza ou, simplesmente, na personagem de Conde Axe, que veste veludo preto e uma gravata de seda.

A passadeira vermelha da Met Gala dá continuidade à exposição do museu, que este ano se chama “Sleeping Beauties: Reawakening Fashion” (ou “Belas Adormecidas: O Despertar da Moda”, em tradução livre). A exposição do Costume Institute, filial do museu, vai contar com cerca de 250 itens retirados da sua coleção permanente que estarão disponíveis até 2 de setembro.

O objetivo é que, com o apoio da tecnologia — graças à realidade aumentada, inteligência artificial ou animações, por exemplo — sejam reimaginados “cheiros, sons, texturas e movimentos” de peças de vestuário históricas e contemporâneas icónicas. No fundo, tratam-se de propostas que já não podem ser usadas após terem sido adquiridas pelo Met.

As peças de vestuário demasiado frágeis para serem vestidas em manequins serão expostas como as “beldades adormecidas”. Vão aparecer em vitrinas semelhantes a caixões, com microscópios disponíveis para observar de perto a sua deterioração, explica o Instituto.

A Met Gala acontece anualmente desde 2005 com o propósito de angariar fundos para o Costume Institute do Metropolitan Museum of Art. O momento, organizado por Anna Wintour com a ajuda de outros convidados importantes, marca também o início da exposição anual com o mesmo tema.

Carregue na galeria para recordar os looks da edição de 2023, onde foi homenageado o designer Karl Lagerfeld. 

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT