Moda

O (segundo) vestido dramático e pouco consensual de Cristina Ferreira na gala da TVI

A apresentadora chegou com um look roxo, mas mudou de visual a meio do evento que aconteceu este domingo, 18 de fevereiro.
Trocou de visual.

Um é bom, mas dois é sempre melhor. Após ter surgido com um vestido roxo (e com um significado especial) na passadeira vermelha, Cristina Ferreira trocou de look a meio da gala do 31.º aniversário da TVI, que aconteceu na noite deste domingo, 18 de fevereiro, no Casino Estoril.

Se o primeiro vestido, da marca libanesa Elie Saab, era comprido, com um corte assimétrico e com um ombro esquerdo adornado com vários folhos, o segundo visual foi completamente diferente — e surpreendeu por isso mesmo. A apresentadora trocou o roxo (cor que simboliza o amor com João Monteiro) por um vestido preto em renda.

Todo rendado em cima e com uma saia que nasce à volta da cintura, é a racha profunda na perna que torna o look ainda mais elegante, com um toque de sensualidade. A peça — uma criação do designer portugues João Rolo — destaca-se ainda por ter uma pequena cauda e um contraste de tecido.

O segundo look.

Ao contrário da primeira escolha, trata-se de uma proposta mais exuberante, tal como a diretora de entretenimento e ficção da TVI nos tem habituado neste tipo de eventos. Em ambos os looks, contudo, optou por usar o cabelo solto, com uma maquilhagem discreta e poucas joias.

Além de Cristina Ferreira, outro dos nomes que se destacou na gala foi Rita Pereira que, ao regressar do Brasil, mostrou-se ousada. A atriz desenhou o visual full denim e voltou a juntar-se ao Atelier Fusion, com quem tem colaborado, para concretizar o modelo estampado. O chapéu de aba também não passou despercebido.

A seguir, carregue na galeria para ver outros looks que se destacaram na passadeira vermelha da gala da TVI, pelos melhores ou piores motivos.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT