Moda

Os looks mais marcantes (e assustadores) da passadeira vermelha dos Grammys

O rosa vibrante foi uma das tendências. Descubra as escolhas que marcaram a noite pelos melhores e piores motivos.
Mais uma noite de looks arrebatadores.

A 64.ª edição dos prémios Grammy aconteceu este domingo, dia 3 de abril, na MGM Grand Arena, em Las Vegas, nos Estados Unidos da América. Antes dos maiores nomes da indústria musical serem reconhecidos pelo trabalho que desenvolveram ao longo do ano passado, tivemos oportunidade de os ver desfilar pela passadeira vermelha. A exuberância, como não podia deixar de ser, esteve presente em todos os momentos.

Ao contrário do que aconteceu no ano passado, muito mais celebridades tiveram oportunidade de mostrar os seus coordenados. Devido ao distanciamento social, a cerimónia realizada em 2021, poupou-se nos convidados e nos seus respetivos looks. Este ano, a premiação voltou a encher-se de cores, plumas, lantejoulas e, claro, escolhas (muito) arrojadas e outras bastante duvidosas.

Quem não teve tempo para descansar foi Pierpaolo Piccioli, diretor criativo da Valentino. O designer foi responsável por uma grande parte dos looks que desfilaram pela passadeira, com o rosa vibrante da sua última coleção a ser uma das tendências da noite. A tonalidade que está a marcar a estação foi a protagonista, usada por nomes como Chrissy Teigen, Billy Porter e St. Vincent.

Carregue na galeria para conhecer as escolhas mais marcantes desta red carpet — pelos melhores e piores motivos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT