Moda

Red Carpet Óscares 2017: estes são os mais bem vestidos

A noite não foi propriamente excitante no que diz respeito aos vestidos que percorreram os 274 metros de passadeira vermelha da 89º edição dos grandes prémios do cinema. Felizmente, houve quem não tenha desiludido. 

A expetativa é sempre imensa. Quer queiramos, quer não, a red carpet de Los Angeles acaba por ser uma extensão da vida das estrelas ainda do lado de lá do grande ecrã. Assim, o sonho mantém-se e o mesmo materializa-se sob a forma de longos e glamourosos vestidos estonteantes e ofuscantes.

Houve quem tivesse mantido a compostura, como foi o caso da francesa Isabelle Huppert que, graças ao je ne sais quoi imposto pela sua genética, deixou satisfeitos os olhos mais exigentes. Não surpreendendo, cumpriu. O mesmo se passou com a grande vencedora da noite, a atriz Emma Stone que, optando por um modelo Givenchy num tom dourado impecavelmente rematado por um cabelo e uma maquilhagem a les 50’s, fez lembra a Hollywood de antigamente. Estava bem, porém não embasbacou.

No lado das boas surpresas, estiveram a atriz Naomi Harris que, num look total branco assinado por Raf Simons para a Calvin Klein, demonstrou como a máxima keep it simple and sucessfull pode muito bem ser uma fórmula vencedora — mesmo numa noite de Óscares. Mimi Valdés foi a Lady Gaga do ano. Na falta da cantora e do arrojamento que lhe é característico, a produtora do cantor nomeado, Pharrell Williams, surgiu com um modelo rosa em tule, renda e repleto de bordados, com etiqueta por confirmar — mas especula-se que seja Chanel (tal como o fato de Pharrell).

Mas houve mais e desta vez também falamos no masculino, já que o smoking preto de outros tempos já não é apenas o que era, tendo ganho novos e valiosos contornos.

Conheça as escolhas NiT ao carregar na imagem.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT