Moda

“Russianzz”: Irina Shayk acusada de apoiar a guerra após partilhar uma foto de comida

A imagem com a enigmática legenda foi apagada logo depois. A modelo já reagiu: “Às vezes, uma salada é apenas uma salada.”
Já apagou a publicação. Foto: Instagram.

A modelo russa de 36 anos, ex-namorada de Cristiano Ronaldo e Bradley Cooper, foi acusada de ser pró-Putin depois de partilhar uma história no Instagram a imagem de uma salada russa com a legenda “Russianzz on Wednesday”. A publicação, que foi apagada logo depois, deixou os internautas em choque.

A utilização da letra Z tornou-se um símbolo associado às tropas russas e os apoiantes da Ucrânia consideraram esta partilha como um subtil apoio à Rússia e ao seu líder, Vladimir Putin. Não demorou muito até que a publicação se espalhasse pelas redes sociais com comentários irritados.

Irina fez a partilha um dia após as forças russas terem disparado um míssil no centro de Vinnytsia, cidade na província ucraniana de Oblast . Alguns críticos  relembraram que a modelo já havido posado anteriormente com um livro que mostrava na capa uma imagem do presidente russo.

Na sexta-feira, a modelo justificou-se: “Às vezes, uma salada é apenas uma salada. Prometo: aqui não existem mensagens codificadas nem comentários políticos. Amor é o que desejo a todos”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT