Moda

Se sempre quis ter um biquíni da Latitid, esta é a melhor altura do ano para o comprar

A chegada do frio é a oportunidade ideal para comprar a roupa de banho que estava fora do seu orçamento nos meses de calor.
Pode começar a preparar já os looks para o próximo verão.

Durante os meses de verão, muitas celebridades desfilaram pelos nossos feeds de Instagram com os seus biquínis de eleição. Os designs arrojados e os padrões irreverentes despertaram a curiosidade e deram origem a muitas pesquisas sobre os conjuntos. Cantê, Nyos, Voke são algumas das marcas portuguesas que estiveram presentes em peso nas praias nacionais, onde provaram a qualidade da produção feita no País. A desvantagem é que os preços das etiquetas favoritas dos grandes nomes nem sempre são compatíveis com os orçamentos da maioria das pessoas. Sobretudo na estação mais quente do ano.

Chegados os meses frios, continuamos a sonhar em ter muitas das propostas mais originais de swimwear no nosso armário. Felizmente, a queda das folhas que marca o início do outono, não significa que a porta para o mundo da roupa de banho encerra. O que acontece é precisamente o contrário. Os primeiros ventos da estação fria são também um anúncio de que começou a melhor altura para comprar biquínis. Pode soar estranho, esperar até aos dias gélidos para apostar nestas compras, mas a nossa carteira agradece.

A teoria reversa da moda funciona em todos os segmentos, mas é ainda mais evidente na roupa que usamos na praia. Esta ideia consiste em aproveitar a estação contraria para fazer compras, quando a procura por esse tipo de peças também é menor. Os negócios focados apenas na venda de fatos de banho não encerram, então precisam estimular os clientes. E nada é tão eficaz como uma boa promoção.

Uma das propostas na Latitid que estão com desconto.

A Latitid, por exemplo, continua a assumir um lugar de topo entre as preferências das consumidoras. Foi uma das escolhas de Cláudia Vieira, por exemplo. A marca foi criada em 2013, por três sócias que estavam insatisfeitas com as opções de swimwear disponíveis no mercado nacional.  Maria Fernanda Santos, de 59 anos, juntou-se às irmãs Marta e Inês Fonseca, de 33 e 35 anos, para se lançarem neste projeto que pretendia resolver algumas das maiores inseguranças das mulheres na hora de vestir um biquíni.

Com quase 10 anos de existência, o facto de se manter tão firme no mercado português significa que a missão foi cumprida. Entre muitos exemplos de conjuntos desenhados a pensar no corpo da mulher, está o modelo Paloma. Apesar de ter um preço inicial de 99,50€, neste momento está a ser vendido no site da marca por 69,95€. O único problema é que está prestes a esgotar, restando apenas o tamanho L.

A proposta tem um desenho clássico em triângulo com alças finas e ajustáveis. Ou seja, o equílibrio perfeito entre design, conforto e qualidade a que a etiqueta nos habituou. Também a parte de baixo pode ser ajustada, graças aos laços que apertam nas laterais. Ainda assim, o que torna o conjunto na estrela de qualquer guarda-roupa é o estampado muito feminino.

No catálogo das marcas de swimwear favoritas das portuguesas, não faltam opções, que vão dos modelos lisos aos estampados, com ou sem texturas e para diferentes tipos de corpo. Carregue na galeria para ver vários biquínis completos que estão em promoção.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT