Televisão

Estivemos com os novos tubarões do “Shark Tank”

A segunda temporada ainda não tem data de estreia na SIC mas as gravações começaram esta semana. Este ano há mais ideias tecnológicas e dois novos jurados: Isabel Neves e Marco Galinha.
Fotos de André Abrantes

Os melhores negócios portugueses vão regressar à SIC para uma segunda temporada do programa “Shark Tank” e este ano está “ainda melhor do que o primeiro”. Quem o garante é Mário Ferreira, um dos investidores, que explica que “há mais ideias tecnológicas e muitos jovens”.

As gravações começaram no início da semana e esta quinta-feira, 7 de abril, os cinco tubarões fizeram uma pausa para falar com os jornalistas sobre os projetos que funcionaram bem e as novidades que se podem esperar.

Uma das grandes mudanças está no painel de tubarões (cinco jurados que escolhem os negócios que mais lhe interessam para, de seguida, investirem o seu próprio dinheiro). Susana Sequeira e Tim Vieira, presentes no primeiro ano do programa, dão agora lugar a Isabel Neves e Marco Galinha, que se juntam a João Rafael Koehler, Mário Ferreira e Miguel Ribeiro Ferreira.

“Os que estão satisfeitos, estão cá”, brinca Mário Ferreira.

Nem todos os negócios da primeira temporada foram rentáveis, pelo contrário. Koehler garante que já esperava mas que também teve um prazer especial ao olhar para os maus investimentos dos colegas. Mário Ferreira foi apanhado no meio de um divórcio mas teve sorte: o projeto, as toalhas Origama, tem sido um enorme sucesso de vendas.

Para saber de que se arrependem os tubarões e em que ideias estão a apostar no novo “Shark Tank”, carregue na imagem acima.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT