Cinema

230 críticos de todo o mundo escolheram “Vitalina Varela” como um dos melhores do ano

O candidato nacional aos Óscares é a única obra portuguesa entre os 50 filmes destacados.
Elogios continuam a chegar.

A passagem para um ano novo é sempre um momento para rever o que mais se destacou no ano que findou. A NiT fez as suas escolhas para melhores filmes de 2020 mas lá foram continuam a surgir listas (e apenas um filme português tem estado em destaque).

“Vitalina Varela” marcou o regresso de Pedro Costa às Fontainhas. O filme saiu por cá em 2019 mas a sua estreia internacional decorreu só em 2020. “Listen” chegou a ser o candidato português aos Óscares mas devido ao facto de não ser maioritariamente falado em português, a vaga ficou em aberto.

Foi precisamente “Vitalina Varela” que acabou por se o escolhido e a verdade é que a escolha nacional tem contado com aprovação lá fora. Além do já falado apoio de Spike Lee e de ter surgido noutras listas, a “Indiewire” levou a cabo uma sondagem com 230 críticos de cinema, das mais diversas publicações à volta do mundo. Entre os 50 escolhidos, “Vitalina Varela” surge em 18.º lugar (e é mesmo o único representante nacional). Na sua crítica, a “Indiewire” destaca a “poesia cinemática num ambiente único” da obra o cineasta português.

A lista deixou bem distantes do topo obras como “Tenet”, o mais recente filme de Christopher Nolan, que surge em 48º. No primeiro lugar da lista surge “Nomadland”. O filme que venceu o Leão de Ouro em Veneza teve antestreia entre nós na última edição do LEFFEST. Já há trailer mas ainda falta definir a estreia nos cinemas nacionais.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT