Cinema

A série de “Parasitas” será uma história nova com 6 horas

A produção de Bong Joon Ho foi uma das mais marcantes de 2019 e já rendeu um Globo de Ouro ao sul-coreano.
Um filme de 2019.

“Parasitas” estreou há poucos meses e já se transformou num verdadeiro fenómeno. Venceu um Globo de Ouro na categoria de Melhor Filme Estrangeiro e ganhou a Palma de Ouro, o melhor galardão no Festival de Cannes, em França. Isto sem mencionar a vitória surpreendente nos Óscares. A redação da NiT também o elegeu como o melhor filme do ano de 2019.

No início deste mês, surgiu a notícia de que a história do sul coreano Bong Joon Ho ia ser adaptada numa série para a HBO. A 23 de janeiro, em entrevista ao programa americano “The Wrap”, o realizador confirmou que está a trabalhar com Adam McKay (responsável por “Vice” e “A Queda de Wall Street“) e que a série não será extensão do filme.

“Tinha mesmo muitas ideias chave acumuladas e não consegui inclui-las em duas horas de filme. Elas estão desde aí no meu iPad e o meu objetivo com esta minissérie é criar um novo filme de seis horas”, explicou. A história é uma sátira sobre as desigualdades sociais — neste caso, na sociedade da Coreia do Sul. No centro do enredo estão duas famílias, uma pobre, os Kims; e uma rica, os Parks. A pouco e pouco, os Kims são contratados para trabalhar na casa dos Parks. Mas fingem todos que não se conhecem, para que não seja levado a mal pelos seus patrões. O jogo de poder entre todos vai mudar ao longo do filme, num ambiente de suspense e tensão. “Parasitas” é um filme que atravessa vários géneros — tanto tem comédia como elementos de thriller ou de drama.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT