Cinema

Afinal, o pai de Venus e Serena Williams tinha outra família (que abandonou)

A primeira filha de Richard Williams criticou publicamente o filme “King Richard: Para Além do Jogo”, por ignorar esta parte da vida do protagonista.
Sabrina é meia-irmã de Venus e Serena

Sabrina Williams era ainda uma criança de oito anos quando o pai lhe disse que tinha de sair de casa. “Vou sair para te comprar uma bicicleta”, terá dito Richard, que nunca mais regressou a casa. Quase cinco décadas depois, sem nunca mais se terem reencontrado, o episódio triste é recordado com algum humor por Sabrina.

Poderia ser a história de uma qualquer família, não fosse o facto de Sabrina ser meia-irmã de Venus e Serena Williams. Richard era Richard Williams, o pai de todas elas e herói do novo filme “King Richard: Para Além do Jogo”, interpretado por Will Smith.

A produção assente em factos verídicos relata a forma como Richard imaginou um percurso de sucesso no ténis para Serena e Venus, mesmo antes de nascerem — recorde a história neste artigo da NiT. E como fez tudo para que se tornassem em duas das melhores tenistas da história do ténis feminino. 

Contudo, para Sabrina, o filme deixou muito por contar. “É uma comédia, não? Como é que podes fazer um filme e contar apenas metade da história. Começa de repente, com o meu pai e com a sua esposa Oracene e os seus filhos. Como se nada do que ficou no passado tivesse acontecido”, explica a norte-americana de 57 anos.

Richard casou com a mãe, Betty Johnson, em 1965, com quem teve cinco filhos. “A minha irmã Reneeka tinha apenas oito meses quando o meu pai se foi embora. Como é que deixas assim um bebé?”

A família, que até aí vivia sem grandes problemas financeiros, mergulhou na pobreza. E Sabrina acusa Richard de nem sequer ter apoiado a família durante a luta da mãe contra o cancro.

“Não acho que [esta fase] devesse ocupar todo o filme, mas fazer uma referência daria ao filme mais credibilidade”, nota em entrevista exclusiva ao “The Sun”. “Entendo que todos os filmes sejam relativamente poupados com a verdade, mas porque envolve a Serena e a Venus, ninguém vai colocar lá nada que as deixe ficar mal.”

Sobre o título do filme, a filha da personagem principal acredita que é exagerado. “Ele acha que é o rei, mas ninguém acha que ele seja isso. É um título absurdo, mas verdade seja dita, encaixa bem nele”, conta.

“Ele não é nenhum rei, é algo que ele nunca foi a não ser na sua cabeça. Ele viveu a vida através das suas duas filha, renunciando todos os outros filhos.”

Pelo caminho, deixou também um recado a Will Smith, o protagonista. “Dizem que ele pode ganhar o Óscar pelo papel. Tenho-o em boa consideração, mas como um afro-americano, ele deveria querer contar toda a história.”

Desde que saiu de casa sob o pretexto de lhe ir comprar uma bicicleta que Sabrina nunca mais viu Richard. “Acho que nunca mais o verei com vida”, confessa sobre o pai, que está debilitado depois de ter sofrido dois AVC. “Já o enterrei na minha cabeça porque sei que não me vão deixar ir ao funeral. Nem me vão avisar. Vou descobrir [que morreu] através dos jornais.”

Apesar de admitir ter ultrapassado o rancor que guardava desde miúda, não deixa de ser perentória. “Ele escolheu o ténis por elas, precisamente porque sabia que isso o poderia tornar num milionário.”

Quanto às irmãs, cruzou-se com elas apenas uma vez por acidente, quando Venus e Serena eram ainda adolescentes. “Acho que nunca mais as vou encontrar”, afirma. “Vinha a conduzir, a ouvir música e a pensar se mudaria algo na minha vida. Não, não mudava. Passaria pelas mesmas dificuldades novamente. E não, não trocaria de lugar com a Venus ou com a Serena.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT