Cinema

“Alma Viva” é o filme que vai representar Portugal nos Óscares

É uma produção da cineasta luso-francesa Cristèle Alves Meira. A narrativa decorre na região de Trás-os-Montes.
"Alma Viva" ainda não tem data de estreia.

“Alma Viva” é o filme nacional que irá representar Portugal na candidatura aos Óscares do próximo ano. Trata-se de uma produção da cineasta luso-francesa Cristèle Alves Meira. Estreou este ano no prestigiado Festival de Cinema de Cannes e ainda não tem data de estreia nas salas portuguesas. O anúncio foi feito esta segunda-feira, 19 de setembro, pela Academia Portuguesa de Cinema.

A narrativa explora a cultura transmontana, onde a realizadora tem raízes, bem como os laços familiares, o fenómeno da emigração, as diferenças sociais e económicas que daí resultam e até algum grau de misticismo. O enredo centra-se especificamente em Salomé, uma menina que todos os verões regressa à terra da família nas montanhas da região.

Subitamente, a sua avó morre e recaem suspeitas de bruxaria. Enquanto os adultos discutem sobre o funeral, Salomé é atormentada por um espírito. É esta a premissa de “Alma Viva”, cujas gravações aconteceram em Junqueira, concelho de Vimioso, sobretudo com atores não profissionais. Recorde-se de que Portugal nunca teve um filme nomeado ao Óscar de Melhor Filme Internacional, mas o País apresenta sempre uma candidatura.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT