Cinema

Assistente que entregou arma a Alec Baldwin já tinha sido alvo de várias queixas

David Halls é descrito como uma pessoa despreocupada em relação à segurança. Também há alegações sobre assédio sexual.
O ator fez o disparo sem saber que a arma estava carregada.

Há novidades sobre o caso da morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, que foi vítima de um disparo feito pelo ator Alec Baldwin durante as gravações do filme “Rust”. Segundo a “CNN”, o assistente de direção que entregou a arma a Baldwin — e que lhe garantiu que estava segura, apesar de não estar carregada — era David Halls.

A estação de televisão americana falou com dois profissionais do setor que trabalharam com David Hall. As duas fontes relatam ter havido reclamações por causa do desrespeito em relação aos protocolos de segurança sobre o manuseamento de armas e efeitos de pirotecnia.

Uma das pessoas que falaram com a “CNN” foi a especialista em pirotecnia Maggie Goll. Trabalhou com David Hall na série “Into the Dark”, em 2019. Goll alega que Hall negligenciou a realização de reuniões de segurança. Além disso, não revelava à equipa quando havia uma arma de fogo no local das filmagens, o que quebra o protocolo.

A outra pessoa estava mesmo envolvida no filme “Rust”. A fonte anónima explicou que as reuniões de segurança com David Hall eram sempre bastante curtas, uma vez que o assistente de direção defendia que as armas eram sempre iguais.

David Hall terá ainda reclamado sobre a inspeção de um profissional a uma arma que uma atriz iria usar para apontar à própria cabeça — e o objetivo era mesmo fazer um disparo durante a cena.

Há outros casos mencionados de desvalorização do perigo por parte de David Hall. Numa situação, o profissional insistiu em continuar a rodagem durante uma enorme tempestade. Havia cabos elétricos à chuva e havia membros da equipa a temer pela própria segurança física.

Houve também queixas em relação a comportamentos inapropriados do ponto de vista sexual de David Hall. “No meu primeiro dia de volta à série, um membro da equipa disse-me para ‘ter cuidado’ com o Dave, dizendo que ele estava fisicamente muito familiarizado com a equipa, e que tinha muitas rejeições e reclamações sobre toques indesejados e desnecessários nas costas, cintura, ombros, etc.”, explicou Maggie Goll à “CNN”.

A perita em pirotecnia terá feito uma reclamação, a título pessoal, aos produtores executivos da Blumhouse Productions. Informou também o sindicato de realizadores. “Que eu saiba, nada foi feito depois das minhas reclamações.”

A investigação policial continua e ainda ninguém foi acusado de qualquer crime. Alec Baldwin fez um depoimento na esquadra no dia do acidente e tem colaborado com as autoridades. O ator reagiu nas redes sociais sobre aquilo que aconteceu, revelando estar de “coração partido” depois do “trágico acidente”. Leia também o artigo da NiT sobre a carreira de Halyna Hutchins.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT