cinema

Balas disparadas por Alec Baldwin podiam estar no meio de munições falsas

Esta é uma das conclusões do recente relatório judicial sobre o mediático caso que está a envolver o ator americano.
Alec Baldwin foi processado nas últimas semanas.

A polémica em torno do acidente que vitimou Halyna Hutchins, diretora de fotografia, durante as gravações do filme “Rust” tem novos capítulos. Nas últimas semanas, Alec Baldwin foi alvo de vários processos. Primeiro, pelo chefe-eletricista; e mais tarde pela anotadora do filme. Esta terça-feira, 30 de novembro, foram revelados novos documentos judiciais sobre o caso.

Uma das conclusões aponta para o facto de as balas usadas poderem ter sido recicladas e misturadas com munições falsas. Neste relatório foi dito que a polícia investigou as instalações do fornecedor de adereços. Este referiu que suspeitava que no meio das munições existissem balas falsas e outras cápsulas recicladas.

Os investigadores concluíram que havia ainda balas verdadeiras no set de filmagens. A dúvida permanece, uma vez que a arma usada por Alec Baldwin deveria apenas conter pólvora seca para o efeito que era desejado.

A Agência Reuters tentou falar com Seth Kenny que forneceu as balas usadas pela produção de “Rust”, mas sem sucesso. Nos documentos oficiais é referido que Kenny ficou com munições reais que sobraram de um trabalho que realizou para outro filme.

É provável que o caso se prolongue ao longo dos próximos vários meses. O objetivo dos agentes judiciais continua a ser perceber exatamente o que aconteceu no dia 22 de outubro no Novo México, nos Estados Unidos, e se haverá ou não motivos para avançar com uma queixa-crime contra os culpados pelo incidente.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT