Cinema

Bruno Aleixo regressa às salas de cinema em dezembro para mostrar como odeia o Natal

A história do novo filme de animação gira em torna dos sentimentos da personagem humorística em relação a esta época festiva.
Regressa em dezembro.

Depois de “O Filme do Bruno Aleixo”,  criado por João Moreira e Pedro Santo e estreado em janeiro de 2020, surge agora a segunda longa metragem de ficção protagonizada pela personagem humorística Bruno Aleixo.

A produtora O Som e a Fúria divulgou esta terça-feira, 22 de novembro, o primeiro trailer de “O Natal do Bruno Aleixo”. A estreia está anunciada para o dia 22 de dezembro e conta com João Moreira e Pedro Santo, Henrique Guerra, Névia Vitorino, João Lemos, Carlos Vidal, Cleia Almeida, Carla Maciel e Melissa Garcia no elenco de vozes.

“Ninguém odeia o Natal mais do que o Bruno. Assombrado por amargas recordações de presentes manhosos e péssimas refeições, recusa-se a enfrentar mais uma época festiva. Conseguirão os fantasmas natalícios abrir o seu coração às alegrias do amor e da partilha?”, lê-se na sinopse.

A história gira, claro, em torno de Bruno Aleixo, que na semana que antecede o Natal sofre um acidente e fica em coma. Contudo, os médicos são unânimes: não há razão  qualquer fisiológica para esse estado comatoso, pelo que concluem ser de foro psicológico.

Bruno Aleixo é uma personagem humorística que parece uma mistura entre um cão e um Ewok (personagem do universo dos filmes “Guerra das Estrelas”). Tem 62 anos, é natural de Coimbra e tem ascendência da Bairrada e do Brasil. Apareceu pela primeira vez em 2008, numa série de episódios online chamada “Os Conselhos Que Vos Deixo”. Nos vídeos, aborda vários temas — dos problemas de dormir nu à necessidade de guardar bolas de naftalina para as crianças não as comerem — sempre acompanhados de recomendações.

Depois, foi criado um talkshow na SIC Radical, apresentado em conjunto com Busto, uma estátua de Napoleão Bonaparte. Entretanto, foram produzidos vários spinoffs online, sendo que alguns foram exibidos mais tarde na SIC. A criatura — que surgiu como um ewok muito semelhante aos de “Star Wars”, mas por causa dos direitos de autor desapareceu e transformou-se num cão — também teve vários formatos na rádio. E existe também um site de botões com as expressões mais carismáticas de Bruno Aleixo.

“O Natal de Bruno Aleixo” teve estreia mundial na Mostra de Cinema de São Paulo, que terminou no passado dia 2 de novembro no Brasil. O filme conta com apoio da RTP e do Instituto do Cinema e Audiovisual. Apesar de João Moreira e Pedro Santo serem creditados como realizadores, a produtora refere que a realização é repartida ainda com João Alves, Rafael da Silva Hatadani, Jorge Ribeiro, Pedro Brito e Bruno Caetano. A coprodução de O Som e a Fúria e da Cola Animation, terá a distribuição nos cinemas a cargo da Desforra Apache.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT