Cinema

“Confessa, Fletch”: filme com as estrelas de “Mad Men” já chegou à Netflix

Na icónica série, os atores interpretavam Don Draper e Roger Sterling. Agora protagonizam uma comédia criminal.
John Slattery e Jon Hamm voltam a contracenar.

Jon Hamm tem tentado diversificar ao máximo os papéis que vai aceitando, numa tentativa de se descolar da imagem de Don Draper, o icónico protagonista de Mad Men”. A personagem que interpreta em “Confessa, Fletch”, que ficou disponível na Netflix a 5 de abril, é bom exemplo desse esforço. Porém, pode não ter sido assim tão bem-sucedido. 

Um dos seus colegas de elenco neste “thriller hilariante” é um velho conhecido que todos associam ao universo “Mad Men”. Falamos de John Slattery, que encarnou Roger Sterling na série que é considerada uma das melhores de sempre. Realizada e co-escrita por Greg Mottola, a comédia de crime ressuscita a saga de livros de Gregory McDonald, que já tinha sido adaptada ao cinema nos anos 80, quando estrearam dois filmes com Chevy Chase como protagonista. A produção estreou nos cinemas portugueses a 3 de novembro de 2022.

A trama centra-se na figura de Irwin M. Fletcher. Os problemas de Fletch, como é tratado por todos, começam quando encontra um cadáver na casa de luxo arrendada pela sua namorada italiana em Boston, nos EUA. Quando a polícia entra em cena para tomar conta da ocorrência, todos presumem que é o autor do crime.

Fletch fica perplexo com a situação, mas acredita que será rapidamente descartado enquanto suspeito. Afinal, como faz questão de frisar uma e outra vez aos agentes, tinha sido um jornalista de investigação com alguma notoriedade.

O protagonista tem ainda outro mistério para desvendar. O pai da namorada desapareceu — juntamente com a sua valiosa coleção de quadros que inclui uma pintura de Pablo Picasso. Fletch acaba por viajar para Roma para deslindar o caso e vê-se mergulhado na elite social e financeira da cidade de Boston.

Considerado “um filme bem-disposto e leve sobre um mistério criminal”, foi bem recebido pelo público. Contudo, a grande maioria da imprensa americana sublinhou que “Confessa, Fletch” acabou por não ser aproveitado da melhor maneira.

Há muito tempo que os estúdios da Miramax tentavam reavivar a saga, mas a controvérsia em torno do produtor Harvey Weinstein adiou o projeto. Alguns atores mais populares como Ryan Reynolds chegaram a ser apontados ao remake. Mas Jon Hamm, que gostou e insistiu para ficar com o projeto, tornar-se-ia o novo Fletch no cinema. 

O ator chegou mesmo a abdicar de mais de metade do seu salário para que a produção conseguisse cumprir a meta orçamental que tinha definido — o realizador Greg Mottola também perdeu parte do salário previsto por causa disso mesmo. Sem qualquer aposta em campanhas de marketing por parte dos estúdios, nos EUA só passou em alguns cinemas e seguiu imediatamente para o aluguer digital. 

Apesar do percurso acidentado no que toca à distribuição, trata-se de “uma produção de qualidade que poder ser um bom escape para toda a família ou para desanuviar após um dia stressante de trabalho”, sublinha a critica.

O elenco de “Confessa, Fletch” inclui ainda nomes como Caitlin Zerra Rose, Roy Wood Jr., Ayden Mayeri, Lorenza Izzo, Domenico Del Giacco, Gene Amoroso, Travis Bennett ou Kyle MacLachlan, entre outros.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT