cinema

Próxima edição dos Óscares pode ser adiada por causa do coronavírus

A gala está marcada para o início de 2021, mas a cerimónia pode não acontecer devido à pandemia.
A gala pode vir a acontecer depois de fevereiro.

No final de abril, foi anunciado que os critérios de elegibilidade dos filmes para os Óscares tinham sido alargados para abrangerem projetos que apenas tinham estreado em serviços de streaming. A alteração foi feita devido à pandemia da Covid-19 que pode mesmo vir a adiar a gala que está marcada para o final de fevereiro de 2021.

A notícia foi avançada pela “Variety” esta terça-feira, 19 de maio, que falou com várias fontes ligadas ao setor. Não é referido um cancelamento total da 93.ª gala de atribuição dos prémios, mas sim de um “adiar da data”, apesar de a estação que a transmite, a ABC, ainda não ter sido informada sobre essa possibilidade.

A pandemia da Covid-19 obrigou ao encerramento das salas de cinema em todo o mundo. Várias estreias de filmes foram mesmo adiadas ou canceladas. Só este verão é que muitos países deverão voltar a uma normalidade possível.

Os critérios para que um filme seja elegível foram alterados numa das últimas reuniões da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, assim como a decisão de que os Óscares de Melhor Mistura de Som e Edição de Som passam a ser entregues em conjunto, numa só categoria. Quanto à possibilidade de adiar a gala, ainda nada foi confirmado pela Academia.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT