Cinema

Disney recebeu petição com mais de 17 mil assinaturas a pedir nova versão de “Soul”

Em causa está a inclusão de vozes negras no elenco da dobragem do filme.
Exigem mudanças.

A polémica estalou assim que o filme foi lançado em Portugal, a 25 de dezembro, na plataforma de streaming da Disney. A versão portuguesa de “Soul — Uma Aventura com Alma”, não contava com vozes negras no elenco nacional responsável pela dobragem. Em vez disso, a voz do protagonista tinha sido entregue ao ator Jorge Mourato.

Nos dias que se seguiram multiplicaram-se as críticas nas redes sociais e foi criada uma petição para exigir a Disney que refizesse a versão portuguesa de uma forma mais inclusiva. Entre os signatários da petição estão nomes como Dino D’Santiago, Sara Tavares, Mamadou Ba, Mayra Andrade, Nástio Mosquito ou Pedro Coquenão.

No documento, pode ler-se que “em Portugal a Disney tratou este filme como mais um, não tendo o mesmo critério e ignorando a intenção original na escolha de atores exclusivamente afro-descendentes para dar voz aos personagens”. Agora, menos de um mês do início da polémica, a petição conta com mais de 17.500 assinaturas e já foi entregue à Disney.

O documento “foi entregue fisicamente e por via digital”, disse à “Lusa” o músico Pedro Coquenão, autor da petição. “Foram impressas quase 400 páginas com assinaturas validadas e enviadas para a Disney Portuguesa e Americana. Só resta ter uma resposta da Disney”. Até ao momento, não houve qualquer resposta.

“Soul — Uma Aventura com Alma” conta a história de um professor de piano que tem finalmente uma grande oportunidade na vida: tocar numa banda de jazz. Só que o seu percurso é interrompido quando tudo começa a parecer promissor — e com a ajuda de uma pequena alma vai tentar regressar ao seu corpo.

Além do protagonista interpretado por Jorge Mourato, Pedro Pernas, Mónica Garcez e José Nobre fazem parte do grupo de atores que participaram.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT