Cinema

Elon Musk e James Franco não vão testemunhar a favor de Amber Heard

Estavam na lista de testemunhas do julgamento que opõe a atriz ao ex-marido Johnny Depp. Mas não se mostraram disponíveis.
Amber Heard perdeu o caso em tribunal.

O empresário multimilionário Elon Musk e o ator James Franco estavam na lista de testemunhas que a defesa de Amber Heard apresentou no caso que a opõe ao ex-marido Johnny Depp — o ator está a processá-la por difamação após a publicação de um artigo de opinião no “The Washington Post”, em 2018, quando descreveu as suas alegadas experiências enquanto vítima de violência doméstica, apesar de não mencionar o nome de Depp.

Segundo o jornal “New York Post”, tanto Elon Musk como James Franco mostraram-se indisponíveis para defender Amber Heard em tribunal. O primeiro namorou com a atriz durante cerca de um ano, após o divórcio entre Heard e Depp.

O segundo foi colega da atriz e terá estado com ela um dia após uma alegada agressão de Johnny Depp, pelo que poderia testemunhar sobre as supostas lesões físicas no rosto de Amber Heard.

Este episódio aconteceu na noite de 21 de maio de 2016. Os agentes da polícia que responderam à chamada já deram o seu depoimento em tribunal — testemunharam que a vermelhidão no rosto da atriz coincidia com o facto de estar a chorar, mas não com agressões físicas. A defesa da atriz deu a entender que as feridas poderiam ter sido disfarçadas através de maquilhagem.

Leia o artigo da NiT sobre a história de vida de Amber Heard.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT